Célia Ferreira

AMHO A Minha Horta

Perceber as sementes que lançamos à terra

O mês de julho pauta-se já por boas colheitas. Os alimentos que retiramos da horta diretamente para o prato ou panela, que sabem verdadeiramente bem, compensam em muito o esforço que se teve com as plantações.

É frequente ouvir as pessoas mencionar que semeiam ou plantam plantas que depois não sabem como cozinhar ou usar no dia-a-dia.

Realmente precisamos de perceber o tipo de sementes que lançamos à terra. E por vezes, mesmo tendo muitos cuidados, acabamos por ver nascer algo que não tínhamos intenção de ter no quintal. Mas acredito que nada acontece por acaso, precisamos é de compreender e aprender com o assunto e seguir o nosso caminho, mais conscientes e com presença de espírito.

O meu quintal pode parecer meio selvagem, pois não coloco químicos de síntese, mas a natureza tem o seu próprio modo de perfeição. Quando abusamos de a controlar, podemos potenciar algum desequilíbrio.

Hortícolas para Semear e/ou plantar ao ar livre: alfaces, acelgas, agriões, aipo, alho francês, espinafres, beterrabas, beldroegas, broculos, cenouras, coentros, chicórias, couve-flôr, couves-repolho, couve-rábano, courgetes, endivias, espinafres, feijões diversos, malaguetas, milho, nabos, pepinos, pimentos, physalis, salsa, tomates, Rabanetes, rúcula.

Jardim, Semear e/ou plantar: begónias, calêndulas, cravos túnicos, gipsofilas, goivos, miosótis, prímulas.

Se soubermos observar e aprender com a natureza, teremos muito a aprender.

Na horta cultivamos alimentos e sentimentos!

Boas colheitas.


NESTA SECÇÃO

Batalha pela Positiva: uma questão de atitude?

A mensagem que o nosso Município da Batalha adotou desde o início da pandemia é muito mais d...

As singularidades da alma

O grupo Expensive Soul constitui um daqueles casos de eclectismo da música, havendo recebido...

Tomate, uma fruta ou vegetal?

Em termos botânicos é considerada fruta porque surge da parte reprodutiva da flor onde as se...