Célia Ferreira

A.M.HO. A.Minha.Horta

O mês de quem gosta de hortas

O mês de março é para quem gosta das hortas o mês de excelência para voltar a trabalhar em grande os nossos quintais. É o mês em que se preparam e planeiam todas as colheitas da abundância do verão.

Tudo desponta no quintal, como os dias têm estado “curtos” (em termos de horas de sol) não tenho semeado nada, mas consigo colher na mesma. A natureza é sábia e quando a deixamos livre sabe mostrar aquilo de que é capaz.

No meu quintal e por ter deixado diversas plantas darem semente, antes de as retirar da terra, têm nascido espontâneos nabos, couves, acelgas, agrião da horta e de jardim, cebolas, alfaces - até uns dentes de alhos que não terei apanhado estão a nascer a bom ritmo.

Por estes dias tenho sido uma recoletora em vez de agricultora.

As couves oferecem-nos nesta altura belos grelos, que são o prenúncio das sementes. Como são muito generosas, produzem imensos e nós não precisamos (para consumo próprio) de tanta semente. Então consumimos os grelos, que são deliciosos, de preferência cozinhados ao vapor. Cá por casa comem-se cozidos, salteados em azeite e alho ou ainda, a última experiência, em migas. Há que aproveitar esta dádiva, sempre com o entendimento que a natureza sabe do que precisamos em cada ciclo do ano.

Quando se tornam flores, podemos adicionar as suas pétalas às saladas, ficam coloridas e ainda mais nutritivas.

Começam por esta altura também a aparecer os primeiros piolhos nos rebentos das plantas jovens (até mesmo nos grelos das couves). Se tal acontecer, não se aflija, vá à despensa e salpique-os com um pouco de pimenta branca, em pequenas áreas; em grandes áreas pulverize com água e sabão, eles não gostam e desaparecem, mas lembre-se que ao eliminar os piolhos por completo as joaninhas não aparecem, pois eles são o seu principal alimento.

Hortícolas para semear e/ou plantar ao ar livre (em zona sem propensão a geadas): abóboras, aipo, alfaces, alho francês, batatas, beringelas, beterrabas, broculos, cabaças, cebolas, cenouras, chalotas, chirivias, coentros, couves repolho, couve roxa, espinafres, ervilhas, malaguetas, nabiças, nabos, pepinos, pimentos, salsa, tomates, rabanetes, rúcula, salsa e calêndulas.

Hortícolas para semear em local coberto (em zonas com risco de geadas): pepinos, tomates, pimentos, feijão, melão, melancia, endro, funcho e orégãos.

Jardim, semear: amores perfeitos (só os de flor pequena é que são naturais e pode comer as suas flores), cravos, crisântemos, dálias, bocas de lobo, capuchinhas (estas são excelentes para circundar a nossa horta) e agrião de jardim.

Arbustos e árvores de fruto para plantar: amoreiras, arandos, framboesas, groselheiras, mirtilos, morangueiros e videiras.

Na horta cultivamos alimentos e sentimentos!

Boas colheitas.


NESTA SECÇÃO

Benjamin Rabier

Este mês, no Museu Bordalo Pinheiro, é inaugurada uma exposição intitulada “Benjamin Rabier ...

Uma mão cheia de nada!

Muitos dos nossos combatentes têm abordado o núcleo, solicitando explicações acerca do publi...

Depois de quase meio século do 25 de Abril de 74

Decorrido praticamente um quarto do século XXI e poucos dias após se ter comemorado mais um ...