Equipas do concelho distinguidas na 'caça' às espécies exóticas invasoras

O Concelho da Batalha participou com três equipas na 4ª edição dos Desafios Invasoras.pt/Cortaderia 2020/20201, uma iniciativa nacional que tem como foco as espécies exóticas invasoras e a sua ameaça para as espécies e habitats nativos.

Em três desafios, o Grupo Aves da Batalha conseguiu reunir quase duas dezenas de cidadãos do concelho. “Este resultado reflete bem o nosso trabalho e da comunidade, e que, certamente, será muito importante para uma melhor e mais eficaz atuação no que respeita às espécies exóticas invasoras existentes na Batalha”, considera o grupo.

A equipa “Batalha às invasoras” recebeu uma menção honrosa no Desafio 1, com 126 avistamentos de 18 espécies diferentes. Nos Desafios 1 e 3 – Mapear e Detetar, inscreveram-se 79 equipas, das quais 25 submeteram avistamentos.

No total, foram submetidos e validados 2107 avistamentos de plantas invasoras. Quinze das equipas submeteram avistamentos de erva-das-pampas (278) e apenas duas equipas submeteram avistamentos de espécies sob alerta (Desafio 3).

A equipa “Egocentrismo da diversidade” venceu no mapeamento de plantas invasoras, com mais espécies avistadas (29), maior número de avistamentos (1827), maior número de avistamentos de Cortaderia selloana (177) e maior número de avistamentos de uma espécie-alerta, neste caso Fallopia japonica (87).

A equipa da Batalha venceu o Desafio 4 – Divulgar, com o melhor trabalho dedicado à divulgação das plantas invasoras, com a conta de Instagram “batalhainvasoras”. Com 26 publicações, destacamos o vídeo dedicado à Cortaderia selloana.

No Desafio 4 inscreveram-se 24 equipas, mas apenas três enviaram trabalhos de divulgação. Este ano houve também a participação de 60 Eco Escolas que, apesar de terem um concurso interno - Alerta invasoras! -, participaram nos Desafios Invasoras.pt.

Os alunos do 8º ano da Escola EB2,3 de Souselo (Cinfães) recebem uma menção honrosa pelo trabalho desenvolvido no desafio “Alerta invasoras!” do programa Eco Escolas.

No Desafio 2 - Monitorizar inscreveram-se 28 equipas, mas apenas quatro submeteram fotografias do ciclo de vida de plantas invasoras ao longo do tempo: três equipas acompanharam apenas uma espécie e uma equipa acompanhou três espécies. Uma equipa acompanhou a mesma planta durante sete meses, enquanto as restantes equipas fizeram monitorizações interrompidas no tempo, não passando dos quatro meses seguidos.

A equipa “Mourão” foi a vencedora deste desafio, tendo realizado os registos mais completos de fenologia para Cortaderia selloana: foram acompanhadas quatro plantas desta espécie durante sete meses seguidos (dezembro 2020 – junho 2021)

A equipa “Egocentrismo da diversidade” recebe uma menção honrosa, por ter feito o acompanhamento, ainda que incompleto (abril – junho 2021), de uma espécie-alerta, Fallopia japonica, numa altura do ano em que está mais visível sendo mais fácil a sua identificação.

No Desafio 5 – Atuar inscreveram-se 23 equipas, mas apenas seis (turmas da Escola Básica e Secundária João Garcia Bacelar, Tocha) enviaram registos das ações de controlo direcionadas à erva-das-pampas. Neste desafio foi particularmente difícil escolher o vencedor, pois todos os trabalhos concorrentes tiveram resultados semelhantes.

Assim, a organização decidiu atribuir três distinções: o primeiro lugar a “Os Gandareses do 9A2”, com o corte de 240 plumas e arranque de uma planta; 2º lugar “Os Gandareses do 9A1”, com o corte de 181 e arranque de uma planta, e o terceiro lugar “Os Gandareses do 9B1”, com o corte de 112 plumas e arranque de três plantas.


NESTA SECÇÃO

Vivência dos frades dominicanos na Batalha contada em livro por Rui Borges Cunha

“O Convento de Santa Maria da Vitória. A vivência dos frades dominicanos na Batalha” é o tít...

Projeto à procura da vaca-ruiva regressa este sábado ao Concelho da Batalha

O projeto vaca-ruiva regressa ao concelho da Batalha na noite deste sábado, dia 16, com uma ...

30ª FIABA traz de volta à Batalha o artesanato, gastronomia e música até domingo

A 30ª edição da Feira de Artesanato e Gastronomia da Batalha – Mostra do Mundo Rural (FIABA)...