Ensino à distância obrigou o município a investir 50 mil euros em tecnologia

A Câmara da Batalha começou na última semana de janeiro a fornecer diariamente mais de uma centena de refeições em regime de take-away a alunos do ensino obrigatório e beneficiários da Ação Social Escolar (ASE).

As refeições são distribuídas no refeitório da escola secundária ou entregues ao domicílio gratuitamente, integrando um almoço e um reforço alimentar para cada criança ou jovem inscrito no agrupamento de escolas, pelo período que for necessário e como forma de minimizar os impactos sociais da terceira vaga da pandemia de Covid-19.

A autarquia e o agrupamento de escolas da Batalha prepararam igualmente o regresso às aulas não presenciais desde 8 de fevereiro, no sentido de assegurar equipamentos e acesso à Internet por parte de todos os alunos, com prioridade para aqueles que integram os escalões A e B da ASE, a que correspondem os escalões 1 e 2 do abono de família definidos pela Segurança Social.

Ao todo o Município já disponibilizou mais de 350 equipamentos, garantindo que todos os alunos com necessidade de apoio e a frequentar o Agrupamento de Escolas da Batalha beneficiam de material cedido pela autarquia, num investimento global superior a 50 mil euros.

As crianças e jovens sem computador ou tablet, ou ainda sem acesso à Internet, beneficiam da cedência de equipamentos municipais durante o próximo período letivo e enquanto vigorar o regime de ensino à distância. Acresce ainda uma quantidade reduzida de estudantes que, tendo acesso doméstico a estes dispositivos, têm de o partilhar com irmãos ou familiares em teletrabalho.

A Câmara Municipal da Batalha desde abril de 2020 desenvolve o “Programa para o ensino à distância nas escolas do Município da Batalha – NET ESCOLA”, concretizado na sequência da apresentação pela direção da escola da batalha dos planos de ensino à distância para o pré-escolar, ensino básico e secundário, que também prevê o reforço de equipamentos e formação para os docentes.


NESTA SECÇÃO

Batalha/autárquicas: CDS recandidata Horácio Francisco

O CDS anunciou esta terça-feira, dia 30, que recandidata à Câmara da Batalha o vereador Horá...

Ano da Imprensa Regional: "Proximidade insubstituível e fundamental"

Será com “uma série de iniciativas” que irão decorrer ao longo dos próximos meses e até ao f...

Pedreira histórica do Caramulo está em discussão pública

O projeto classificação do sítio de interesse municipal da pedreira histórica do Caramulo e ...