Convites irrecusáveis

Acho que nunca vos contei que adoro viajar no tempo. Como é que se viaja no tempo? Com um mapa cronológico, ora essa. Nada de mais, se tivermos sen...

O bicho papão da mudança

Costuma dizer-se que para educar uma criança, além das coisas óbvias como amor e afeto, é essencial que se lhe dê rotina. Uma hora para acordar, pa...

Envio de informação empresarial

A portaria n.º 31/2019, de 24 de janeiro aprova os termos a que deve obedecer o envio da Informação Empresarial Simplificada/Declaração Anual de In...

Mudança de opinião e trabalho de casa

Nos últimos dias, a pretexto da reposição do tempo de serviço perdido pelos professores durante a intervenção da Troika, temos assistido a avanços ...

Benjamin Rabier

Este mês, no Museu Bordalo Pinheiro, é inaugurada uma exposição intitulada “Benjamin Rabier - Ilustrações do Romance da Raposa de Aquilino Ribeiro”...

Uma mão cheia de nada!

Muitos dos nossos combatentes têm abordado o núcleo, solicitando explicações acerca do publicado, nas páginas 20 e 21, na revista do combatente, ed...

Depois de quase meio século do 25 de Abril de 74

Decorrido praticamente um quarto do século XXI e poucos dias após se ter comemorado mais um aniversário do 25 de Abril de 74 o senhor presidente fe...

Regresso ao futuro pela batuta de Álvaro Cassuto

Há alguns meses, no nosso artigo intitulado Sinfonia à Pátria, prometemos escrever sobre Álvaro Cassuto. Pois bem, olhemos agora para este importan...

Uma Matriz comum a católicos e ortodoxos

É um facto a assinalar com júbilo e um acto a merecer os maiores louvores a cedência, pelas nossas Diocese e Paróquia, da Igreja Matriz batalhense ...

Não as mande às urtigas... aproveite-as

Se ainda não semeou as suas plantações para colher no verão, é melhor fazê-lo agora. As minhas sementeiras atrasaram-se este ano e optei por adquir...

Trabalhar na coffee-shop?

Enquanto procuro emprego outra vez, encontro o Bill, que encontram no artigo “Como chegar aos 100?” ou, do outro lado da rua desse hostel onde eu t...

O museu dos sentidos. Mover-se

Dando continuidade à apresentação dos recursos inclusivos existentes no Museu da Comunidade Concelhia da Batalha, dedicamo-nos agora às soluções de...

Elégias do tabelião

Hoje vi algo assombroso, assaz, aterrador e mordaz. Um ato tão diferente e maledicente, que ninguém se lembraria de o fazer. Depois de o contar, es...

A lua é minha amiga

Um dia olhei pela minha janela. Eram 6 da tarde. A lua, como sol, surgindo por de trás da verticalidade da cidade, descreveu uma trajetória na hori...

Aproxima-se o verão

Aproxima-se mais um verão e os receios da seca já começaram, com fundamento, atendendo ao nível de pluviosidade verificado nos períodos normais, no...