O adeus!...

O gosto pelo desporto está tão intrínseco em mim como o ter nascido. Sempre fui uma menina que mais se identificou com as brincadeiras dos rapazes ...

Exagerada a notícia do fim dos jornais

Esta edição assinala o 27º ano de publicação do Jornal da Batalha. É o tempo que coincide com as maiores descobertas da humanidade na área das comu...

Férias, verão e património

Chega o Verão, terminam as aulas e a palavra “férias” torna-se uma ordem na gestão familiar. Ocupar o longo período de férias dos mais jovens, art...

Não foi só futebol

10 de julho de 2016. A bola rola sobre o relvado do Stade de France na final do Euro 2016 disputada entre França e Portugal. Aos 109 minutos Éder r...

Peregrinar para ficar mais perto

Quem peregrina, por mais que caminhe, mais fica próximo de si. Quando o Leitor ler esta frase, e se a minha escassa arte de escrita o empurrar para...

Portugal nunca foi tão falado

Existe hoje em França, mesmo nos meios portugueses, admiração para com o Governo, presidido por António Costa, e a Presidência da República, de Mar...

História mal contada difama povo

Acabo de ler o artigo “Das bicicletas na Holanda” do vosso colaborador Francisco André Santos. Quando Francisco escreveu o artigo ainda não se...

Museus e histórias contestadas: dizendo o indizível nos museus

Museus e histórias contestadas: Dizendo o indizível nos museus é o tema eleito pelo Conselho Internacional dos Museus (ICOM) para a celebração...

Poços perigosos

Peço ao Jornal da Batalha que transmita esta minha sugestão à Junta de Freguesia da Golpilheira, assim como à proteção civil, sim, porque é dis...

Benefícios fiscais para 2017

Nos termos da Lei n.º 42/2016, de 28/12, foram prorrogadas por um ano as normas que consagram os benefícios fiscais que caducaram a 1/1/2017. Os...

A nossa velha Europa

A propósito da comemoração, em março pretérito, do 60º aniversário do Tratado de Roma que, formalmente, deu início à criação da atual União Eu...

Racista? Eu!?

“Eu não sou racista. Eu não sou homofóbico. Até tenho amigos que…” Acho que todos já passamos por situações em que, para nos defendermos, assumimos...

A peregrinação de Dulce Pontes

Se a existência neste mundo é a nossa maior peregrinação, o novo disco de Dulce Pontes pode servir de alento nessa caminhada, para quem o ouvir com...

Águas desconhecidas

Quando os portugueses desembarcaram no Japão pela primeira vez, em 1543, ao pisarem a ilha de Tanegashima, nunca pensariam que o respeito e admiraç...

Uma questão de cidadania

Muitas são as pessoas que se mostram confusas: “sou portuguesa ou sou europeia?”. Mas não deve haver dúvidas: a cidadania europeia não substitui a ...