Ana Caseiro (Cozinheira)

À Mesa

Tomate, uma fruta ou vegetal?

Em termos botânicos é considerada fruta porque surge da parte reprodutiva da flor onde as sementes são protegidas enquanto amadurecem. Contudo, grande parte dos nutricionistas refere o tomate como vegetal por ter hidratos de carbono vitamina A e C e baixo nível de açúcar.

O tomate é originário do Peru e chegou ao continente europeu por volta do século XVI. Desde então, é confecionado nas mais variadíssimas formas, cru como salada ou sumo, em compotas/doces (conservação em açúcar), cozinhado em guisados, sopas ou assados. É um produto muito utilizado na alimentação mediterrânea.

No mercado podemos encontrar várias espécies como tomate chucha, cherry (cereja), coração de boi, tomate rama.

Como é época dele, decidi homenageá-lo com a seguinte receita “Sopa de tomate com agriões e ovos”, de uma Teleculinária de outubro de 1978, uma revista semanal de cozinha e doçaria com a direção culinária de António Silva (29 março 1934) que e achei bastante interessante. Segue a lista de ingredientes.

400 gramas de batatas

3 tomates maduros

1 cebola

60 gramas de margarina

1 molho de agriões

2 ovos

1 pão bola

Orégãos q.b.

Sal q.b.

Preparação:

Descasque e corte as batatas, cebola e os tomates em cubos pequenos e coloque tudo a cozer em 1,5 litros de água temperada com sal. De seguida trate dos agriões, lave e escolha os raminhos. A parte coloque os dois ovos a cozer em água durante 10 minutos e depois retire o excesso de água, deixe arrefecer e descasque-os. Corte o pão em cubos (tamanho de croutons) e disponha num tabuleiro temperado com sal, orégãos e fio de azeite e coloque no forno durante 25 minutos a 160ª graus.

Depois de cerca 30 minutos de cozedura, triture a sopa com varinha mágica e passe pelo passe-vite (ou passador de rede), e leve novamente ao lume mexendo sempre para não pegar ao fundo e adicione o molho de agriões e a margarina. Deixe cozinhar a sopa mais sete minutos e retifique de tempero sal e orégãos. Corte os ovos cozidos as rodelas, e decore a sopa com os ovos e os croutons de pão.

Uma outra receita que adoro nesta época é uma rica salada de tomates, molho pesto, queijo ilha e presunto. Tão simples como cortar várias espécies de tomates, um coração de boi cortado em rodelas, tomate cherry cortado ao meio e tomate rama cortado em rama e colocar numa taça. De seguida fazer o molho pesto com 1 molho de manjericão, cerca de 50 gramas de pinhão, com 50 gramas de queijo ilha e 200 ml de azeite, triturar tudo com ajuda de uma varinha magica e temperar com sal a gosto. A parte tenha o queijo cortado e fatias de presunto. Na taça onde já tem os tomates coloque o queijo e o presento e pinhão inteiro e no final tempere com o pesto. Simples e fresco para o verão.


NESTA SECÇÃO

Três homens num caiaque

Um mistério esconde-se nas falésias e dunas das praias deste país. No Oeste, onde a neblina ...

Perceber as sementes que lançamos à terra

O mês de julho pauta-se já por boas colheitas. Os alimentos que retiramos da horta diretamen...

“Monumento que homenageia combatentes da Batalha inaugurado no centenário da Liga”

Exmº Senhor Diretor do Jornal da Batalha Sou a solicitar os vossos bons ofícios para corr...