Telescola obriga a investir 30 mil euros em PC+Net

O Município da Batalha encomendou 90 computadores com acesso à Internet, destinados a alunos do Agrupamento de Escolas da Batalha que vão acompanhar o ensino à distância.

“Há 82 crianças e jovens sem computador ou 'tablet' com acesso à Internet. Acresce uma quantidade reduzida de estudantes que têm de os partilhar com irmãos ou familiares em teletrabalho”, explica a autarquia num comunicado divulgado este sábado, dia 11.

O município aprovou uma “proposta de mobilização de 30 mil de euros do orçamento municipal para a aquisição de computadores e 'routers' 4G para responder às necessidades das crianças e jovens mais vulneráveis do concelho”, adianta.

A medida integra o programa para o ensino à distância nas escolas do município “Net Escola”, que também prevê o reforço de equipamentos e formação para os docentes.

A aquisição dos computadores permitirá “assegurar que todos os alunos têm acesso a ferramentas que mitiguem os efeitos perversos da pandemia” e ao “previsível aumento das desigualdades em contexto escolar”, considera o presidente do município.

Na opinião de Paulo Batista Santos, a opção do Governo pela telescola é “uma alternativa possível”, mas “claramente insuficiente para os alunos, que permanecerão numa situação de desigualdade perante os colegas com acesso a recursos digitais e interação regular com a escola e os professores”.

Por outro lado, a suspensão das atividades letivas presenciais no 3.º período “é motivo de preocupação para os encarregados de educação que trabalham, confrontados com a necessidade de acompanhar os filhos em casa, o que exigirá uma reavaliação nas formas de trabalho para as quais as empresas têm de estar preparadas”, acrescenta.

O programa “Net Escola” também prevê o apoio aos encarregados de educação através de um pacote constituído por PC/Tablet + Net “a preços acessíveis”, de modo a permitir ao agregado familiar com filhos em idade escolar “adaptar-se ao desafio do ensino/trabalho à distância no concelho”, explica o comunicado da autarquia.

 

 

 


NESTA SECÇÃO

Valorlis em campanha de inclusão para aumentar a reciclagem

A Environment Global Facilities (EGF) e as suas 11 concessionárias – entre as quais a Valorl...

Câmara sujeita a ter de indemnizar empresas de exploração de pedra

O Tribunal Administrativo e Fiscal de Leiria aceitou uma providência cautelar, interposta pe...

Autarca representante do Comité de Acompanhamento do Centro 2020

O presidente da Câmara da Batalha, Paulo Batista Santos, foi eleito no dia 4 de novembro, em...