Sons do Lena vence festival ”Paisagens da Nossa Terra”

O grupo Sons do Lena ganhou o 1º Prémio do Festival de Música Tradicional ”Paisagens da Nossa Terra”, de homenagem a Alfredo Keil, promovido em Lisboa este sábado, 18, pelo Grupo de Cantares Tradicionais do Instituto Superior Técnico (IST).

O concurso, que decorreu no salão nobre do IST, contou com a participação dos agrupamentos Flor do Trevo (Vila Franca de Xira), Sons do Lena (Batalha), Cantares Despertar Alentejo (Campo Maior), Cantares Tradicionais de São Miguel de Acha (Idanha a Nova), Rancho Folclórico Flor do Sabugueiro (Tarouca), O Alborca (Alverca do Ribatejo) e Cantares Tradicionais do IST.

O espetáculo incluiu ainda uma exibição da arte marcial tradicional portuguesa, o jogo do pau, pelo Ginásio Clube Português.

O evento cultural de divulgação de música tradicional, designado "Paisagens da Nossa Terra", que decorreu durante a tarde e assinalou os 110 anos da morte de compositor e pintor Alfredo Keil, incluiu ainda uma pequena exposição de trabalhos do autor.

Alfredo Keil foi o compositor do Hino Nacional "A Portuguesa" e, por exemplo, da obra "Tojos e Rosmaninhos". Os grupos participantes no festival apresentaram nos seus reportórios poemas de Alfredo Keil, com arranjos musicais inéditos.

No final do festival, o grupo Gaitilena - Gaiteiros da Batalha, tocou o Hino Nacional em gaita de foles.

O grupo Sons do Lena nasceu na Batalha, em finais de 1986, com a finalidade de formar tocadores de cavaquinho. Ainda que este tivesse sido o instrumento único nos primeiros espectáculos, rapidamente expandiu as suas potencialidades, acrescentando outros à medida que evoluiu no estudo e conhecimento etno-musical, com especial incidência na região.

O agrupamento dedica-se à recolha da tradição musical, à preservação da tradição oral, à promoção, construção e exposição de instrumentos musicais, à formação de tocadores instrumentistas e a outras actividades culturais. Promove o Festival de Música Tradicional da Batalha.


NESTA SECÇÃO

D. Manuel I

Venturoso porque colhi a seara que outro semeou mas desventurado porque a Histór...

Projeto inovador de Tobias Monteiro leva teatro às escolas do concelho

“A arca dos contos em movimento” já iniciou a sua viagem com vista à descentralização cultur...

A Defesa do Património

Evocação de Santa Maria-a-Velha Foi aqui que me plantaram dando-me a primazia de se...