MCCB (Museu da Comunidade Concelhia da Batalha)

Espaço do Museu

Sobre as menções honrosas que o MCCB recebeu no Brasil

O MCCB foi agraciado, no final do ano passado, com duas menções honrosas atribuídas no VIII Prémio Ibero-Americano de Educação e Museus 2017, em Brasília.

O Prémio Ibero-Americano de Educação e Museus é considerado um dos mais importantes da museologia de toda a América Latina, sendo organizado pelo Instituto Brasileiro de Museus, criado pela Presidência da República do Brasil e gerido pelo Ministério da Cultura do mesmo país. Premeia iniciativas (municipais, regionais ou nacionais) que promovam o desenvolvimento pessoal e a coesão social, por meio de duas categorias: projetos realizados ou em andamento e fomento a projetos em fase de elaboração e/ou planeamento. São atribuídos 8 prémios, com o valor total de 75 mil dólares. Concedem-se ainda menções honrosas aos 20 primeiros classificados.

Para concorrer, as instituições devem ter carácter cultural, educativo ou afim, além de estarem ligadas à administração pública ou de serem empresas privadas sem fins lucrativos nos países ibero-americanos

Na sua oitava edição, o Prémio Ibero-Americano de Educação e Museus recebeu a inscrição de 148 projetos de 18 países. O MCCB foi um dos 33 finalistas do Prémio, concorrendo à categoria I (promoção de boas práticas de ação em contexto educativo) com os projetos "À Descoberta dos Sentidos - Atividades de sensibilização para a inclusão e cidadania" e “Heróis do Museu - Observatório Museu/Escola”. Ambos foram distinguidos com menções honrosas, sendo as únicas atribuições feitas em Portugal no âmbito deste prémio.

Para a implementação dos dois projetos distinguidos e integrantes do Serviço Educativo do MCCB, o Município conta com parcerias essenciais. No que toca ao projeto “À Descoberta dos Sentidos - Atividades de sensibilização para a inclusão e cidadania", a colaboração é feita com instituições que trabalhem com as deficiências, entre as quais a ACAPO (Associação de Cegos e Amblíopes de Portugal) e a ASAE (Associação de Surdos da Alta Estremadura).

Já o projeto “Heróis do Museu – Observatório Museu/Escola” tem a parceria do Agrupamento de Escolas da Batalha. Refira-se que este projeto nasce com o MINOM (Núcleo para a Nova Museologia) e se implementa também na Casa Museu João Soares, em Cortes, Leiria, e no Museu do Traje, em São Brás de Alportel, no Algarve. Em cada um destes museus, o projeto adapta-se às respectivas comunidades.

As menções honrosas recebidas reforçam a importância da área da Educação nos Museus, tendo em vista a sensibilização e formação dos diversos públicos para a defesa e promoção do nosso património material e imaterial.

Mais informações sobre o Prémio Ibero-americano em museus poderão ser consultadas em www.ibermuseus.org.


NESTA SECÇÃO

Infante D. Henrique, o Navegador

A 4 de março de 1394, nasceu, no Porto, o Infante prodígio da Ínclita Geração: D. Henrique, ...

Todos os seres vivos morrem

Agora que a pandemia nos atingiu seriamente, muito se fala do número de óbitos existentes a ...

Saga Feérica no Reino da Dinamarca

O sol escaldante do Verão anunciava aos arautos da arte dinamarquesa que podiam sair de casa...