João Ramos

Fisioterapeuta

Síndrome do Túnel Cárpico

Fica com as mãos dormentes durante a noite? Sente dor ou formigueiro nas mãos enquanto conduz? Abordamos nesta edição de julho o tema Síndrome do Túnel Cárpico. Esta disfunção surge habitualmente entre os 40 e os 50 anos de idade e afeta duas a três vezes mais as mulheres do que os homens. A Síndrome do Túnel Cárpico é uma condição causada pela compressão do nervo Mediano ao nível do punho. O nervo Mediano (durante o seu trajeto) passa por um canal (Túnel Cárpico) ao nível anterior do punho juntamente com outros tendões musculares e estruturas vasculares que vão para a mão e dedos. Aquando da existência do aumento da pressão nesse mesmo canal, o nervo sofre um aperto e manifestam-se os sintomas de formigueiro, dormência e/ou dor no antebraço, mão e dedos. As causas para esta patologia podem ser várias, na maioria dos casos não existe uma causa única. Os principais fatores desencadeantes são: a sobrecarga dos músculos flexores do punho e dedos, a hereditariedade, gravidez, outras doenças associadas como Diabetes, Artrite Reumatóide e desequilíbrios da Tiróide. É importante referir que o diagnóstico médico deverá ser realizado por um médico especialista na patologia. Os sintomas da Síndorme do Túnel Cárpico são: formigueiro na palma da mão e dedos. Os dedos indicador e médio são os primeiros a serem afetados; a sensação de formigueiro pode evoluir para dor nos dedos; diminuição da força de alguns músculos nos dedos da mão. Pode causar diminuição da força de preensão e alteração da motricidade fina. A severidade da patologia poderá ser avaliada através do exame Eletromiografia e assim decidir-se qual o melhor método de tratamento. A Fisioterapia apresenta bastante eficácia no tratamento da Síndrome do Túnel Cárpico em casos de compressão ligeira a moderada do Nervo Mediano. Através das técnicas de terapia manual, exercícios de alongamento muscular e mobilização do Nervo Mediano é possivel eliminar o processo inflamatório e melhorar a mobilidade e força neste segmento articular. Nos casos de Síndrome do Túnel Cárpico torna-se fulcral realizar Fisioterapia para manutenção dos resultados do tratamento. Os exercícios de alogamento deverão ser feitos várias vezes durante a semana para manutenção da flexibilidade muscular e mobilidade do Nervo Mediano.


NESTA SECÇÃO

A influência das redes sociais na sua relação

Uma pesquisa realizada pela revista “Time” e pela empresa de telecomunicações “Qualcomm”, mo...

Dormir melhor

Deita-se e levanta-se com dor nas costas? Sente que durante a noite as suas costas não recup...

Envelhecimento e sexualidade

A esperança média de vida em Portugal, segundo dados do Instituto Nacional de Estatística (I...