João Ramos

Fisioterapeuta

Síndrome da Banda Íliotibial

Nesta edição de março aborda-se uma disfunção que afeta essencialmente atletas da modalidade de atletismo, Síndrome da Banda Íliotibial. A Banda Íliotibial corresponde a uma faixa densa de tecido fibroso que se localiza entre a crista íliaca (osso da bacia) e o túberculo de Gerdy (face externa da tíbia). Fibras musculares do Tensor da Fáscia Lata e do Glúteo inserem-se na Banda Íliotibial, atuando em sinergia na estabilidade do joelho durante a corrida.

A Síndrome da Banda Íliotibial é uma lesão de sobrecarga das estruturas musculares e fáscia despultada por esforço excessivo na atividade de corrida e posturas desadequadas. Este fenómeno provoca inflamação da porção distal da Banda Íliotibial o que leva o atleta a referir dor na parte externa do joelho. Em situações mais severas pode estar associada Bursite do joelho lesionado.

É uma lesão que tem indicação de Fisioterapia e que efetivamente tem um bom prognóstico. Inicialmente o atleta terá que reduzir as cargas de treino e consoante a inflamação/dor reduzirem assim poderá retomar os treinos, sob orientação do fisioterapeuta.

As alterações posturais ao nível dos membros inferiores, encurtamentos musculares, o calçado e os pisos em que o atleta realiza os treinos são fatores que terão que ser bem avaliados para estudar o impacto na lesão da Banda Íliotibial.

A disfunção aqui abordada é uma situação que poderá ser recidivante e como tal é fundamental o atleta fazer um trabalho de prevenção para a lesão.

Na presença destes sintomas, aconselha-se a consulta com o seu fisioterapeuta, para que seja feita uma avaliação específica da postura, do padrão de corrida e biomecânica do pé, com o objetivo de melhorar a sua perfomance e bem-estar.


NESTA SECÇÃO

Cuide da sua saúde! - Alguns conselhos práticos

O que é a saúde? O conceito de saúde foi amplamente modificado ao longo do tempo. Estar s...

A pandemia… dos ignorados

Desde o aparecimento do primeiro caso de Covid-19, em Portugal, têm-se sucedido medidas de p...

Covid-19 – É importante ir de férias, mas em segurança!

Alguns meses depois do início da pandemia que tem marcado 2020, o calor veio para ficar, e o...