Santíssima Trindade cumpre tradição na Batalha

As Festa da Santíssima Trindade, uma tradição com origem na época do rei D. Manuel I, está marcada para o final deste mês de maio na Batalha, apresentando-se como seu imperador António Santos Ferreira.

“Pagando jubiloso tributo à tradição que de longe vem – da época brilhante de El-Rei D. Manuel I – a vila da Batalha mais uma vez se vestiu de galas, para levar a efeito, como conseguiu, com o maior esplendor, a festa da S.S. Trindade, que constitui a preocupação máxima do povo da freguesia que todo se funde, durante os dias dos preparativos, na mesma ardente aspiração de conservar o costume, que atinge as gerações longínquas – como os mortos mandam! – e é preciso conservar”, descreve Júlio Órfão, antigo professor de história e ex-diretor do Mosteiro da Batalha, num artigo publicado no Jornal da Batalha (Ler aqui), sobre a festa na década de 20 do século passado.

Já o historiador José Travaços Santos, noutro artigo também publicado no nosso jornal (Ler aqui), conta, a propósito de lhe terem perguntado “por que motivo na nossa Santíssima Trindade há dois desfiles das “ofertas”, um no sábado após a bênção do pão e outro no domingo depois da Procissão do Santíssimo. Possivelmente se faria assim porque já, no Espírito Santo de Leiria, e recordamos que a nossa festa da Santíssima Trindade era feita à imitação da leiriense, di-lo “O Couseiro”, havia as procissões do sábado”

PROGRAMA

26 de maio, sábado

15:00 Abertura do arraial com exposição da Santíssima Trindade no auditório São Nuno de Santa Maria

17:00 Recolha das ofertas no Mosteiro Santa Maria da Vitoria

19:00 Benção do pão e das ofertas

19:30 Procissão das ofertas pela vila

20:00 Missa

22:00 Atuação do conjunto Banda Kroll 

27 de maio, domingo

11:00 Missa da festa

12:00 Procissão do Santíssimo Sacramento

12:45 Tradicional procissão dos andores e ofertas

16:30 Atuação da Banda Filarmónica Portomosense no recinto da festa

17:30 Distribuição do pão

18:00 Atuação dos Ranchos do Penedo da Quinta do Sobrado e Camponeses Vale das Mós de Abrantes

21:30 Atuação do conjunto Funkoff

28 de maio, segunda-feira

19:30 Missa dos mordomos

20:30 Sardinhada

20:45 Atuação do organista Pedro Callado

Serviço de restaurante e bar durante todos os dias da festa


NESTA SECÇÃO

Destino de alguns valores do Mosteiro de Santa Maria da Vitória

Universalidade de Portugal Não sei se Portugal pode cumprir outra missão, servir ou...

Exposição liga Batalha aos principados romenos

Está patente no mosteiro uma exposição intitulada “Os principados romenos no tempo da constr...

Infante D. Henrique, Imperador de novos mares e de novos céus

Infante D. Henrique   “Talant de bien faire”   Tive a vocação do bem.   ...