Sagração da capela da Quinta do Escuteiro

O bispo D. António Marto descreveu como “um acontecimento muito significativo” a sagração do altar da capela da Quinta do Escuteiro, na Quinta do Sobrado, no Concelho da Batalha.

As cerimónias, no dia 22 de junho, tiveram início com uma pequena procissão que levou os presentes desde o refeitório da quinta até à capela. Embora esteja a ser utilizada desde 2015, apenas agora recebeu as “mesas” da Palavra e da Eucaristia, dois blocos em pedra tosca.

O arquiteto Humberto Dias, que projetou o edifício, explicou que foi “executado como uma típica construção escutista, feita de paus e amarrações, mas também de tijolos, pedras e até rochedos, lona e algum vidro”. “Esta capela foi desenhada como uma tenda, que tanto significado tem para os escuteiros, símbolo do desprendimento, da natureza errante e peregrina do escuteiro, mas também a tenda do tabernáculo, montada para o Senhor, qual companheiro de campanha que aqui na Quinta do Escuteiro, Jesus tantas vezes, acampa com os seus escuteiros”, descreveu.


NESTA SECÇÃO

Festas da Batalha atraíram 60 mil pessoas

As Festas da Batalha, que terminaram este domingo, 18, “terão atraído à vila mais de 60 mil ...

Batalha distingue cidadãos exemplares com medalhas de mérito

A autarquia da Batalha homenageou com medalhas de mérito, na sessão solene do Dia do Municíp...

28º Jantar da diáspora batalhense marcado para 16 de novembro

No 28º Jantar Anual de Confraternização da Diáspora Batalhense está marcado para o dia 16 de...