Reguengo: tempestade Ana destrói palmeira histórica

A tempestade Ana destruiu na madrugada desta segunda-feira, 11, a palmeira situada no centro de Reguengo do Fetal, no concelho da Batalha, considerada um símbolo da localidade.

A proteção civil do concelho registou "mais de duas dezenas de ocorrências, já todas resolvidas", revelou o presidente da câmara, Paulo Batista Santos, adiantando que há "apenas a lamentar alguns prejuízos materiais resultantes da queda da histórica palmeira" no Largo da Fonte, em Reguengo do Fetal.

"Os seguros foram accionados e a situação será resposta. Esta manhã continuam os trabalhos de limpeza e algumas reparações pela EDP", adianta o autarca.

As ações da proteção civil relacionadas com a tempestade Ana envolveram diferentes meios, nomeadamente dos bombeiros e da GNR da Batalha, que Paulo Batista Santos considera terem sido "inexcedíveis na ajuda às populações"


NESTA SECÇÃO

Gabriel O Pensador é cabeça de cartaz na Batalha

O cantor, compositor e escritor brasileiro Gabriel O Pensador é o cabeça de cartaz das Festa...

Pão furado garante dois dias de festa na Lapa Furada

A Associação Cultural e Desportiva da Lapa Furada (ACDLF), em São Mamede, no concelho da Bat...

JB faz 28 anos: Um milhão de carateres de agradecimento

As primeiras palavras desta edição têm essencialmente três destinatários: os Leitores, Anunc...