Região lança plano inovador para reduzir insucesso dos alunos

A redução da percentagem de alunos com níveis negativos em pelo menos 10% e da taxa de retenção e desistência em pelo menos 25% são os principais objetivos de um plano apresentado no dia 9 deste mês pela Comunidade Intermunicipal da Região de Leiria (CIMRL), que integra o Concelho da Batalha.

O Plano Inovador de Combate ao Insucesso Escolar 2017-2020 (PICIE) será implementado até julho de 2020 e envolveu um investimento de 2,6 milhões de euros, dos quais 2,2 milhões são comparticipados pelo programa de fundos comunitários Portugal 2020.

O principal objetivo do PICIE é desenvolver “iniciativas integradas e inovadoras de combate ao insucesso escolar”, tomando iniciativas que “favoreçam as condições para o reforço da igualdade no acesso ao ensino, a melhoria do sucesso educativo dos alunos, e o reforço da qualidade e eficiência do sistema de educação”.

Há ainda outros objetivos, como sejam promover e reforçar o sucesso educativo e a qualidade das aprendizagens, reduzir o insucesso escolar, diminuir o abandono e o absentismo, promover a aquisição de competências sociais e pessoais, reforçar a relação com a comunidade e promover a cidadania ativa.

Para o vereador da Educação da Câmara da Batalha (município onde foi apresentado o programa), Carlos Agostinho, o projeto "focaliza-se essencialmente nas crianças do pré-escolar e 1º ciclo", mas “a plataforma de apoio à função educativa estende-se a todos os níveis educativos".

O projeto envolve um trabalho de parceria e equipa, o que implica que municípios e agrupamentos de Escolas "trabalhem em conjunto", de modo a que as "medidas adotadas tenham melhores resultados".

Aplicado a 11.424 alunos do pré-escolar e 1º ciclo de 220 escolas dos dez concelhos da CIMRL, o plano prevê a promoção da aquisição de competências sociais e pessoais, que se enquadram em sete atividades com várias ações.

Estas atividades anuais consubstanciam-se em “Intercâmbios nacionais e internacionais” e nas ações “Sim, (também) sou capaz!”, "Descobrir a Região de Leiria“ - Promoção da Educação para o Património, "Sucesso + Ativo", "Experimenta e Aprende“, "Empreendedorismo nas Escolas“ (pré escolar e 1º ciclo) e "Observatório de Educação da CIMRL“.

Trata-se de seminários, intercâmbios internacionais, visitas de estudo aos concelhos vizinhos para "descobrir o património da região", desenvolvimento do empreendedorismo e de atividades de ensino experimental são algumas das atividades que integram o plano.

Para desenvolver o projeto, a CIMRL contratou 34 técnicos de diferentes áreas para constituir equipas multidisciplinares municipais.

As autarquias envolvidas têm como meta a implementação de pelo menos 80% das ações previstas e o envolvimento de pelo menos 150 escolas.


NESTA SECÇÃO

Estudo de impacto ambiental da Barrosinha à beira do chumbo

O pedido de licenciamento da pedreira da Barrosinha, na freguesia de Reguengo do Fetal, está...

Pedreira da Barrosinha pode acabar em tribunal e com indemnizações

Há intervenções e decisões promovidas até agora por algumas entidades públicas e privadas no...

“Faço Paragem” ao desperdício e ao consumo sem cuidados

A campanha de sensibilização ambiental “Faço Paragem”, que promove o aproveitamento de resíd...