Região envolvida em consórcio que pretende investir na resina

O Consórcio RN21 - Inovação na Fileira da Resina Natural para Reforço da Bioeconomia Nacional, que conta com 38 parceiros viu aprovada a primeira fase da candidatura primeira fase da candidatura ao Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), com um investimento de 29 milhões de euros.

O consórcio é liderado pelo ForestWISE - Laboratório Colaborativo para a Gestão integrada da Floresta e do Fogo e entre os parceiros contam-se a CIM Região de Leiria, o Politécnico de Leiria e a Resipinus.

“Esta iniciativa, reúne pela primeira vez as empresas e outras entidades de toda a cadeia de valor da Resina Natural em Portugal, num Consórcio integrado e mobilizador de investigação e inovação para uma maior valorização da resina natural nacional enquanto produto “bio”, potenciando um maior leque de aplicações de mercado e fomentando a revitalização de toda a cadeia de valor com vista à sua modernização, sustentabilidade e incorporação de conhecimento técnico-científico”, explica a CIM Região de Leiria.

O projeto será desenvolvido nos territórios das regiões de Leiria, Coimbra e Alto Tâmega, durante quatro anos. A resina natural é uma matéria-prima que tem inúmeras aplicações industriais, como substituto das resinas derivadas do petróleo: indústria alimentar, cosmética, produção de colas e incorporação no têxtil e no calçado, entre outras.

 

 


NESTA SECÇÃO

Oonify distinguida nos Prémios Lusófonos da Criatividade

A agência de comunicação com sede na Nazaré Oonify, - que tem como business account manager ...

Onze empresas do concelho no “Top 5% Melhores PME de Portugal”

O Concelho da Batalha está representado por 11 empresas no “Top 5% Melhores PME de Portugal”...

Empresários reclamam medidas urgentes para enfrentar adversidades do próximo ano

“Mais de meia sessenta de empresários do concelho participaram nas sessões sectoriais realiz...