Região bate recordes na área do turismo

Os resultados da atividade turística no país em 2019, divulgados no dia 14 deste mês pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), revelam que o ano passado foi o melhor de sempre para o Centro de Portugal nos principais indicadores: dormidas, hóspedes e proveitos.

No indicador do número total de hóspedes, recebeu 4.124.057 hóspedes, que tinham sido 3.895.612 no mesmo período de 2018. Ou seja, num ano a região foi visitada por mais 228.445 hóspedes – uma subida de 5,9%.

Se se comparar o número de hóspedes num período de cinco anos, entre 2015 e 2019, verifica-se um crescimento de 43,2%, de 2.879.206 para 4.124.057, o que demonstra o grande interesse que a região despertou nos anos mais recentes.

No total, as dormidas de visitantes somaram 7.102.061, segundo estes resultados preliminares. Um resultado nunca antes alcançado pela região e que suplanta em 4,8% as 6.777.827 dormidas de 2018. Em cinco anos, o total de dormidas subiu 40,4%: em 2015 tinham sido 5.058.446.

Em 2018, o Centro de Portugal tinha registado proveitos globais de 332,8 milhões de euros; em 2019, estes valores subiram para 355,1 milhões, num crescimento de 6,7%. O rendimento médio por quarto ocupado também subiu, de 63,1 para 64,1 euros.


NESTA SECÇÃO

Bênção dos bebés nas paróquias da Batalha e Reguengo do Fetal

Um grupo de 25 bebés das paróquias da Batalha e do Reguengo do Fetal foi apresentado pelas f...

Bênção dos vitrais e das imagens dos Pastorinhos da igreja da Golpilheira

A celebração da bênção dos vitrais e das imagens dos Pastorinhos, na Igreja de Nossa Senhora...

Valorlis aposta na inovação tecnológica para otimizar a recolha de resíduos

  A Valorlis, empresa que gere a recolha seletiva e o tratamento de resíduos urbanos dos ...