Raul Castro presidente da Câmara da Batalha com maioria absoluta (atualização)

O Movimento Independente Batalha é de Todos, liderado por Raul Castro, venceu as eleições autárquicas deste domingo, dia 26, com maioria absoluta, ao obter quatro dos sete mandatos em disputa.

A lista PSD-Somos Batalha, encabeçada pelo atual presidente do município, Paulo Batista Santos, ficou em segundo lugar, com três mandatos, perdendo, assim, a maioria absoluta com que governou o concelho nos últimos oito anos.

“Vitória, vitória, vitória. Histórico. Épico. Memorável. A Batalha volta a ser de todos os batalhenses”, escreveu o Movimento Independente Batalha é de Todos, às 22H01 na sua página de Fecebook.

“O que se passou na Batalha foi o resultado de muitas inquietações de muitos munícipes. Fizemos um trabalho fantástico junto das pessoas, a ouvir as pessoas, a perceber a realidade deste concelho”, disse Raul Castro em declarações ao jornal Região de Leiria.

“A primeira coisa a fazer é, efetivamente, ver qual é a situação financeira do município e depois começar a definir as prioridades e trabalhar”, adiantou, garantindo que cumprirá os quatro anos do mandato.

“Ele (Paulo Batista Santos) teve a gentileza de me ligar a dizer que estávamos bem encaminhados para a vitória e a disponibilizar-se para colaborar naquilo que for entendido. Nós não rejeitamos ninguém, o nosso projeto é inclusivo que poderá devolver a Batalha aos cidadãos”, destacou nas declarações jornal.

A candidatura PSD-Somos Batalha reconheceu a derrota às 22h08: “Aceitamos democraticamente a derrota e os resultados destas eleições autárquicas, e acima de tudo respeitamos a vontade dos batalhenses”.

“Foi uma honra e um privilégio servir o Concelho da Batalha durante oito anos. “Agora têm a minha (de Paulo Batista Santos) e a nossa palavra em como vamos cumprir o nosso mandato e continuar a trabalhar em prol do desenvolvimento da Batalha, desta feita na oposição, sempre de forma construtiva”, lê-se numa nota publicada na página de Facebook da candidatura.

No caso da Assembleia Municipal, o Movimento Independente Batalha é de Todos conquistou 10 dos 21 mandatos, o PPD/PSD oito; o CDS-PP, a Iniciativa Liberal e o Chega conseguiram um mandato cada um.

CONCELHO/CÂMARA MUNICIPAL: Movimento Independente Batalha é de Todos com 46,48%, que representa 4.070 votos; PPD/PSD com 35,53% (3.111 votos), CDS-PP com 4,81% (421 votos); Chega com 4,68%, (410 votos); Iniciativa Liberal com 3,13% (274 votos), e CDU com 1,07%, (94 votos).

Em branco 2,60% ( 228 votos). Nulos 1,70% (149 votos). Abstenção: 37,40%.

BATALHA: Movimento Independente Batalha é de Todos, com 47,68%, que representa 2.209 votos, presidente Fernando Oliveira; PPD/PSD com 34,41% (1.594 votos); Chega com 4,75%, (220 votos); CDS-PP com 3,91 % (181 votos), Iniciativa Liberal com 3,63% (168 votos), e PCP-PEV com 1,40 % (65 votos).

Em branco 2,48% (115 votos). Nulos 1,75 % (81 votos). Abstenção: 38,51%.

REGUENGO DO FETAL: Movimento Independente Batalha é de Todos, com 54,69 %, que representa 647 votos; 54,69% (647 votos), presidente Fernando Lucas; PPD/PSD com 30,18% (357 votos); CDS-PP com 5,24 % (62 votos); Chega com 2,79% (33 votos); Iniciativa Liberal com 2,62%, (31 votos), e CDU com 0,51% (6 votos).

Em branco 2,37% (28 votos). Nulos 1,61% (19 votos). Abstenção 37,47%.

SÃO MAMEDE: PPD/PSD, com 43,44 %, que representa 868 votos, presidente Marco Vieira; Movimento Independente Batalha é de Todos, com 35,44 %, (708 votos); CDS-PP com 6,56 % (131 votos); Chega com 6,16 %, (123 votos); Iniciativa Liberal, com 2,65 % (53 votos), CDU com 0,90 %, (18 votos).

Em branco 3,25% (65 votos). Nulos 1,60% (32 votos). Abstenção 38,41%.

GOLPILHEIRA: Movimento Independente Batalha é de Todos com 53,66 %, (506 votos), presidente José Carlos Ferraz ; PPD/PSD com 30,97% (292 votos); CDS-PP com 4,98 % (47 votos); Chega com 3,61 % (34 votos), Iniciativa Liberal com 2,33%, (22 votos); CDU com 0,53 % (5 votos).

Em branco 2,12% (20 votos). Nulos 1,80 % (17 votos). Abstenção 28,51%.


NESTA SECÇÃO

A fundamental questão: por que nos candidatamos à presidência da Câmara da Batalha?

  A primeira análise que se deve fazer a uma candidatura política é a motivação dessa can...

Alternativa ao marasmo político e económico do concelho

Cansados das promessas dos partidos tradicionais e de figuras eternizadas como deuses, a Ini...

Somos Batalha e Batalha é de Todos protagonizam a disputa mais acesa

As candidaturas PSD/Somos Batalha e o movimento Batalha é de Todos, apoiado pelo PS, protago...