Quiosque da Batalha vende raspadinha com 20 mil euros

O Quiosque da Batalha, situado no centro da vila, vendeu no dia 7 deste mês de novembro uma raspadinha, intitulada “Presentes de Natal”, premiada com 20 mil euros e que contemplou um apostador da Batalha.

A raspadinha era a primeira de uma nova série dedicada ao natal, custa dois euros e o apostador, que reside na vila, não deseja ser identificado. Foi o maior prémio vendido no quiosque de José Guerra.

“É nova e foi no primeiro bloco que abri que saiu este prémio. Logo o prémio máximo. Foi muito bom”, declarou o proprietário do Quiosque da Batalha. O premiado “ficou todo satisfeito. Há aquelas pessoas que se manifestam assim mais ativas, mas ele não”, acrescentou.

O apostador quando raspou não se apercebeu do prémio. O dono do quiosque pediu-lhe a raspadinha, raspou o código de segurança e passou-o na máquina. Nessa altura apareceu a mensagem de que a raspadinha tinha prémio e que o premiado devia contactar a Santa Casa da Misericórdia, o primeiro sinal de que o prémio seria elevado. Quando dono do quiosque percebeu, devolveu de imediato a raspadinha ao dono.

O Quiosque da Batalha tem 31 anos e vende jogos da Santa Casa da Misericórdia há 19 anos.

“Foi muito bom. Há muito tempo que não dávamos um prémio grande. Já temos dado mil, cinco mil, agora um máximo como este não”, conta José Guerra.

Ainda no dia 7 deste mês de novembro, vendeu outro bom prémio, de 500 euros, de outro tipo de raspadinha, que custa cinco euros.


NESTA SECÇÃO

Aves da Batalha cumpriu os objetivos apesar da pandemia

Ao longo do ano de 2020 o Grupo Aves da Batalha dinamizou 13 atividades, com distintos objet...

Socialistas (nem todos) apoiam Raul Castro e centristas apresentam candidatura própria

O deputado Raul Castro garantiu o apoio do PS à sua candidatura a presidente do Município da...

Covid-19 infetou num ano 5,5% da população residente no concelho

O número de pessoas falecidas no concelho da Batalha com Covid-19 manteve-se em 18 no último...