PS realiza congresso na Batalha em maio

A comissão nacional do PS aprovou em janeiro, por unanimidade, a proposta para que o congresso do partido se realize na Batalha, entre 25 e 27 de maio.

A comissão permanente do PS apontara Matosinhos para local do congresso nacional, mas o secretário-geral, António Costa, pretendeu transmitir "um sinal de maior descentralização".

"Face às propostas existentes para local do congresso, o secretariado nacional do PS acabou por optar pelo município da Batalha.

A reforma da descentralização é uma das principais prioridades políticas do governo e do grupo parlamentar do PS em 2018", justificou um membro da direção.

A comissão nacional do PS confirmou também a proposta feita pela comissão permanente dos socialistas para que o ex-secretário de Estado da Indústria, o leiriense, João Vasconcelos seja o presidente da comissão organizadora do congresso.

“Ao tomar conhecimento pela comunicação social da decisão unânime da comissão nacional do Partido Socialista em realizar o seu próximo congresso na Batalha, enquanto presidente da Câmara Municipal, expresso a todo o Partido Socialista, seus órgãos dirigentes e militantes, o testemunho da nossa maior honra em receber no Município da Batalha um evento tão significativo do Partido Socialista”, considerou o presidente da autarquia, Paulo Batista Santos.

 


NESTA SECÇÃO

Festas da Batalha atraíram 60 mil pessoas

As Festas da Batalha, que terminaram este domingo, 18, “terão atraído à vila mais de 60 mil ...

“O voluntariado não é receita para uma depressão”

“O voluntariado não é receita para uma depressão ou para ocupar os tempos livres, é um exerc...

Autarca da Batalha quer ética no centro do debate político

O presidente da câmara da Batalha apelou à “ética na vida política e pública” durante a sess...