À procura de vacas-ruivas

Já ouviu falar da vaca-ruiva? Até final de setembro, o projeto vacaloura.pt em conjunto com organizações embaixadoras da ideia andam à procura delas. O grupo Aves da Batalha e uma das organizações que está a ajudar mapear os locais onde esta espécie ocorre.

A vaca-ruiva (Lucanus barbarossa) é um escaravelho com populações localizadas que pode ser avistado na sua fase adulta apenas entre julho e setembro. Este escaravelho da família dos Lucanídeos, apresenta tons muito escuros, mede entre 3 e 4,5 cm, e tem sido associado principalmente a zonas com azinheiras e carvalhos-cerquinho, sendo facilmente reconhecido pelas suas mandíbulas em forma de pinça.

As vacas-ruivas podem encontrar-se apenas na Península Ibérica, sul de França e norte de África. Em Portugal, esta espécie tem sido observada desde Bragança até à península de Setúbal, sendo o Parque Natural da Serra de Aire e Candeeiros o local com maior probabilidade de avistamento. Desde o início do projecto vacaloura.pt foram realizadas pouco mais de 100 observações, muito poucas em comparação com as restantes espécies foco do projeto.

Os escaravelhos, como a vaca-ruiva, que se encontram na fase adulta estão agora a sair cá para fora com o objetivo de se reproduzirem e dar origem às futuras gerações.

Se o leitor vir uma vaca-ruiva, tire uma fotografia e efetue o registo do seu avistamento em www.vacaloura.pt/participar-avistamento/ ou entre em contacto direto com o grupo Aves da Batalha.

 


NESTA SECÇÃO

Executivo assinala aniversário com dinheiro e sedes

O executivo municipal da Batalha assinalou no dia 17 de outubro o terceiro ano de mandato, c...

“Previstos investimentos de 87 milhões no saneamento da região”

O presidente da Águas do Centro Litoral, Alexandre Oliveira Tavares, faz o balanço dos cinco...

Fernando Bastos deixa comando e lidera quadro de honra

O comandante dos Bombeiros Voluntários da Batalha, Fernando Bastos, cessou as suas funções n...