Poluição: autarca indignado com ministro do Ambiente

“A solução agora apresentada é uma não solução, agrava o problema e prolonga no tempo as graves consequências ambientais para a região de Leiria” - afirma o presidente do Município da Batalha em oficio dirigido ao Ministro do Ambiente, que reafirmou a desistência da construção da estação de tratamento de efluentes suinícolas (ETES) em Leiria.

“Os sítios de sempre para a descarga de efluentes suinícolas são os rio Lena, Lis e a ribeira dos Milagres, com elevada carga poluente para a bacia hidrográfica do Lis, para além dos terrenos saturados de tanta valorização agrícola”, como a valorizada pelo ministro do Ambiente, adianta Paulo Batista Santos.

O ministro João Matos Fernandes afirmou no dia 14 de abril, na Comissão de Agricultura e Mar, que mudou de opinião sobre a construção de uma ETES em Leiria, reafirmando que a solução seria a “valorização agrícola”, ou seja espalhamentos dos efluentes.

“Para a câmara da Batalha e demais autarquias da região, a construção de uma ETES constitui um projeto-chave para a despoluição dos cursos de água da bacia hidrográfica do rio Lis, bem como representa um investimento indispensável para a sustentabilidade da atividade suinícola na região, pelo que esta decisão do Governo constituí um forte revés para todo o processo”, afirma o autarca.

“Pela gravidade do exposto, pela leviandade como muda de opinião e sobretudo pela manifesta incapacidade em lidar com este problema que afeta mais de 200 mil cidadãos”, deve o ministro do Ambiente “ponderar abster-se de intervir no assunto e delegar em quem no Governo tenha capacidade de decisão e sensibilidade ambiental para contribuir para uma solução deste grave problema ambiental da região de Leiria”, conclui Paulo Batista Santos.


NESTA SECÇÃO

“Terra e Mar”

Começo por me apresentar. Chamo-me Ana Costa Caseiro, cozinheira no restaurante Muralhas, lo...

Batalha Recicla vai recolher biorresíduos

O município anunciou que vai implementar um sistema de recolha de biorresíduos por proximida...

Aves da Batalha cumpriu os objetivos apesar da pandemia

Ao longo do ano de 2020 o Grupo Aves da Batalha dinamizou 13 atividades, com distintos objet...