Politécnico e município envolvem estudantes numa semana cultural

O Município da Batalha e o Politécnico de Leiria assinaram este em junho um protocolo de cooperação para promoção de uma semana de cultura, ainda este ano, em 2022 e 2023, dedicada a estudantes do ensino secundário.

A semana a realizar preferencialmente no mês de julho, com o envolvimento de 50 estudantes do ensino secundário e quatro monitores, que farão o seu acompanhamento. No ano de 2021, serão apenas 20 estudantes, devido ao contexto da pandemia por Covid-19.

“A participação do município nesta iniciativa envolve um apoio de quatro mil euros anuais, tendo intervenção em todas as etapas do desenvolvimento do processo - definição da programação, método de seleção dos participantes, divulgação e avaliação do evento, para além do acolhimento de atividades, com uma programação adequada e específica para o concelho”, expplica a autarquia em comunicado.

A Fórum Estudante participa igualmente no projeto como copromotora da semana temática dedicada à cultura, “envolvendo-se na divulgação da iniciativa, seleção de participantes e apoio logístico e de recursos humanos, inclusive através da disponibilização dos materiais produzidos aos participantes nas atividades”, adianta.

Na cerimónia de assinatura do protocolo, no dia 12 de julho, no museu da Batalha, o presidente do Politécnico de Leiria, Rui Pedrosa, sublinhou a importância das parcerias desenvolvidas com os municípios, em particular com o Município da Batalha, que “também é um único da região que se encontra a desenvolver uma residência para estudantes, área especialmente relevante para o desenvolvimento do ensino superior da região”.

Os representantes do Politécnico de Leiria visitaram o andamento das obras da futura residência de estudantes a funcionar na Batalha, “um projeto âncora para o incremento do ensino superior na Batalha e que representa um investimento global de cerca de 900 mil euros”, disse o presidente do município, Paulo Batista Santos.


NESTA SECÇÃO

77,5% dos residentes na região Centro estão satisfeitos com a sua vida

O grau de satisfação dos residentes na região Centro aumentou em 2021, com 77,5% dos residen...

Fornecimento das refeições escolares custa 450 mil euros

O Município da Batalha decidiu em setembro dar continuidade aos protocolos com as associaçõe...

Caudal baixo pode pôr em causa equilíbrio ambiental do rio Lena

O caudal do rio Lena “está transformado num pequeno fio de água em várias zonas”, sendo “a s...