Policlínica D. Nuno ganha nova vida com mais especialidades e serviços

A Policlínica D. Nuno, situada no bairro do Moinho de Vento – a 500 metros do Mosteiro da Batalha – está a funcionar em pleno desde maio, depois da entrada da nova administração, liderada pela médica dentista e sócia-gerente Ana Rute Ribeiro.

A prestação de serviços de qualidade e de proximidade é a prioridade da gerência, que investiu na melhoria das infraestruturas, equipamentos, em novas especialidades, na renovação do quadro clínico – e na abertura de uma clínica com a mesma insígnia em São Jorge, no Concelho de Porto de Mós.

A Policlínica D. Nuno apresenta-se agora três alterações mais visíveis: a receção complementarmente renovada, um gabinete da medicina dentária equipado de raiz e uma imagem geral mais moderna. “Na receção mudámos quase tudo, mas também adquirimos material médico, cadeiras, secretárias, pintámos o interior so edifício de branco, para lhe dar um aspeto mais clean, moderno e novo”, explica Ana Rute Ribeiro.

O objetivo da administração foi criar um espaço “acolhedor, claro, com luz, em que as pessoas se sintam confortáveis”, evitando o aspeto pesado que apresentam, por exemplo, determinados centros de saúde.

A Policlínica D. Nuno tem cinco gabinetes médicos, disponíveis para qualquer especialidade, um gabinete de medicina dentária, uma sala de fisioterapia e estacionamento próprio privado. Tem elevador, apto para pessoas com necessidades especiais ou mobilidade reduzida, e entrada desde o parque de estacionamento sem obstáculos.

Uma das especialidades em destaque é a medicina dentária: por estar de regresso à Policlínica D. Nuno, após anos em que não foi praticada, e por ser a área de trabalho da sócia-gerente, que nela pretende investir fortemente, sendo disso exemplo a abertura da clínica em São Jorge, já em setembro. O equipamento desta especialidade é o mais moderno e a policlínica está preparada para qualquer tipo de intervenção ou tratamento.

“As áreas mais relevantes, embora todas sejam muito importantes, são a medicina dentária, cardiologia, análises clínicas - fizemos uma parceria com os Laboratórios Beatriz Godinho - e oftalmologia, que estava inativa na policlínica há algum tempo”, explica.

Quanto a um balanço dos primeiros quatro meses de atividade, Ana Rute Ribeiro afirma que já consegue “ter uma noção das especialidades mais procuradas, principalmente as mais antigas. A medicina dentária é uma área com potencial, mas como estamos no início, ainda não possuo uma ideia concreta. Surpreende-me a oftalmologia, que começámos apenas em julho e tem havido sempre consultas. A neurologia está quase sempre preenchida, e a clínica geral e a psicologia também têm muita procura”, explica.

Uma área igualmente muito procurada é a medicina desportiva. A Policlínica D. Nuno tem protocolos com a Associação Recreativa Amarense, Batalha Andebol Clube e a União Desportiva da Batalha, a cujos atletas faz os exames desportivos. Os sócios, atletas e os funcionários dos clubes têm um desconto de 10% nas consultas de especialidade. Tem protocolos semelhantes com os Bombeiros Voluntários da Batalha, Núcleo de Combatentes da Batalha e com o Centro Infantil Moinho de Vento.

A área da medicina desportiva é o principal destinatário dos eletrocardiogramas feitos e interpretados na hora na policlínica, que dispõe de equipamento disponível para o efeito.

A Policlínica D. Nuno estava a atravessar uma fase difícil e, apesar de haver especialidades cujas consultas nunca foram suspensas, a atual administração está a desenvolver “um trabalho quase de raiz, sobretudo ao nível da promoção”. “Só não é totalmente de raiz porque havia parte do corpo clínico formado, o mais difícil de conseguir”, explica Ana Rute Ribeiro, que destaca como “muito importante a ajuda dos médicos que permaneceram e estão a ajudar na renovação do quadro de especialistas”.

“Mas na divulgação da policlínica e dos nossos serviços, estamos a fazer um trabalho de raiz, a comunicar através de redes sociais, jornais, do site, de panfletos, a procurar e a conquistar novos clientes”, explica a sócia-gerente, que “aposta na qualidade do corpo clínico e do serviço como premissa para o projeto resultar bem” e impor-se nas preferências da população dos concelhos de Porto de Mós e da Batalha.

Clínica ao serviço da população

da Batalha e Porto de Mós

A sócia-gerente da Policlínica D. Nuno, Ana Rute Ribeiro, é natural de Leiria, cidade onde cresceu. Escolheu a medicina dentária por força de circunstâncias relacionadas com o seu percurso académico.

Não cursou medicina, como pretendia como primeira opção, mas hoje, seis anos após o início da atividade profissional, está de corpo e alma na medicina dentária. “Há uma área que gosto mais, a ortodontia, que no futuro quero seguir em exclusividade”, refere Ana Rute Ribeiro.

Quanto à Policlínica D. Nuno, que adquiriu e cuja gestão agora assumiu, explica: “Depois de alguns anos de trabalho a ganhar experiência e mão, decidi, em conjunto com a minha família – que está sempre ao meu lado e por detrás deste projeto - apostar para crescer na profissão, criar o meu posto de trabalho e oportunidades também para outros profissionais. Mas o objetivo é igualmente apostar numa clínica que possa ajudar a população em geral”.

Ana Rute Ribeiro desempenhou a sua profissão em clínicas de Lisboa, Torres Vedras, Caldas da Rainha, Leiria e Alcobaça, e ainda mantém a colaboração com algumas. “Claro que no futuro espero que a Policlínica D. Nuno, na Batalha e em São Jorge, exija a minha presença a 100%”, afirma.

Medicina dentária é a nova

aposta da Policlínica D. Nuno

A medicina dentária é a área da saúde que se ocupa da prevenção, diagnóstico e tratamento das doenças oro-faciais, constituindo uma das grandes prioridades da Policlínica D. Nuno, que oferece um check-up gratuito aos interessados e possui acordos com seguradoras.

A medicina dentária atua nas seguintes áreas:

Dentisteria

Estética

Branqueamento

Prótese Fixa

Prótese Removível

Endodontia

Odontopediatria

Cirurgia Oral

Periodontologia

Implantologia

Os implantes dentários consistem na substituição dos dentes naturais através da colocação de uma raiz artificial em titânio que vai permitir suportar os novos dentes.

Os implantes permitem obter a substituição de um ou mais dentes sendo a sua colocação praticamente indolor. São seguros e confortáveis e exercem as mesmas funções que os dentes naturais.

Ortodontia

As situações de desalinhamento ou apinhamento dentário podem ser corrigidas através de colocação de aparelhos orais que ajudam a deslocar os dentes para a posição desejada que, para além do aspeto estético, podem evitar problemas gengivais, dores dentárias e faciais.

 

Terça-feira e sexta-feira

Das 09h30 às 13h00

Quarta-feira

Das 09h30 às 19h00

Drª Ana Rute Ribeiro

 

Abre em São Jorge em setembro

para um melhor serviço de proximidade

 

A Policlínica D. Nuno abre em setembro instalações próprias em São Jorge, no Concelho de Porto de Mós, com o objetivo de prestar os seus serviços de qualidade com maior proximidade, sobretudo na área da medicina dentária.

Nesta especialidade é possível fazer Raio X à boca, ortopatografia (Raio X total à boca), teleradiografia de perfil, um exame muito pedido na ortodontia, e TAC à cavidade oral, por exemplo, para a colocação de implantes, que não existia até agora nos concelhos da Batalha e Porto de Mós.

A clínica em São Jorge, instalada no edifício onde funcionou uma agência bancária, em frente ao hipermercado Continente, que foi completamente remodelado e adaptado às suas novas funções, dará prioridade também às análises clínicas (uma parceria com os Laboratórios Beatriz Godinho) e à fisioterapia (uma parceria com a Cepomel, de Leiria).

As duas unidades, distantes apenas quatro quilómetros, complementam-se e colocam ao dispor dos pacientes as suas melhores qualidades ao nível de infraestruturas, equipamentos, serviços e quadro clínico.

“Em São Jorge não teremos todas as especialidades, porque não faria sentido, em duas clínicas distantes poucos quilómetros, porque quem vai à Batalha também se desloca a São Jorge sem dificuldade, ou vice-versa. A ideia é expandir o serviço de medicina dentária, porque no edifício sede, no bairro do Moinho de Vento (Batalha), não há espaço para um segundo gabinete. As análises clínicas em São Jorge justificam-se por ser um serviço de proximidade e com procura e a fisioterapia porque tem um ginásio grande, o que não é possível existir nas instalações da Batalha”, explica Ana Rute Ribeiro.

A abertura em São Jorge enquadra-se na estratégia de expansão da Policlínica D. Nuno, que pretende envolver, sobretudo, a população dos concelhos da Batalha e de Porto de Mós. Na perspetiva de Ana Rute Ribeiro, “as pessoas que se deslocarem a São Jorge, onde haverá três das especialidades com mais procura, também virão à Batalha, se gostarem do serviço. Portanto, o objetivo é criar sinergias e otimizar a prestação de cuidados de saúde aos clientes, seja na sede da policlínica, seja em São Jorge”.

A clínica em São Jorge abrirá também ao sábado [uma medida em estudo para a Batalha, que depende do crescimento da procura] e, entre outras facilidades, possui uma área para estacionamento destinada aos clientes.

Especialidades disponíveis

na Policlínica D. Nuno

e respetivos médicos

Neurologia - Dr. Alfredo Sá - 4ª feira

Psiquiatria - Dr. António Cabeço - 5º feira

Pediatria - Dr. António Cruz - 3ª feira

Pneumologia - Dr. João Costa - 5ª/6ª feira

Acupuntura - Dr. Francisco Fernandes - 6ª feira

Ginecologia - Dr. Gonçalo Ramos - 2ª feira

Psicologia - Dra. Ilídia Rodrigues - 5ª feira

Psicologia - Dr. João Borges - 3ª feira

Reumatologia - Dr. Jorge Garcia - 4ª feira

Clínica Geral - Dr. Manuel Orfão - 3ª feira

Clínica Geral - Dr. Manuel Carvalho - 4ª feira

Osteopatia - Dr. Paulo Almeida

Oftalmologia - Dra. Filipa Ponces

Oftalmologia - Dr. Luís Violante - 6ª feira

Cardiologia - Dra. Rita Carvalho - 6ª feira

Urologia - Dr. Sílvio Bollini - 5º feira

Dentária - Dra. Ana Ribeiro - 3ª, 4ª e 6ª

Fisioterapia - Dra. Telma Belides - 2ª, 4ª e 6ª

Ortopedia - Dr. António Laranjo - 6ª

Nutrição - Dra. Ana Santos - todos os dias

Em breve:

Otorrino

Dermatologia

 

Policlínica D. Nuno

A sua saúde em primeiro lugar

A Policlínica D. Nuno é uma clínica médica de várias especialidades, “familiar" e com o seu foco direcionado ao paciente. Nasceu com o objetivo de proporcionar à população em geral o acesso a cuidados de saúde médicos especializados e de qualidade, nas diversas áreas da medicina. Para isso dispõe de uma equipa multidisciplinar, totalmente virada para o bem-estar do paciente e, paralelamente a isso, altamente qualificada e capaz de estabelecer um diagnóstico preciso e um tratamento eficaz.

A Policlínica D. Nuno tem como principal ambição ser referenciada e reconhecida na área de prestação de cuidados de saúde como uma entidade competente e qualificada. Aposta, assim, numa estratégia de desenvolvimento e crescimento direcionada para o paciente, para as suas necessidades e preocupações. Aliado a isto, quer estabelecer uma relação de confiança entre ambas as partes que culmine com a satisfação total dos seus pacientes.

Parcerias

Análises clínicas

Laboratórios Beatriz Godinho

Em resultado de uma parceria com os Laboratórios Beatriz Godinho, a Policlínica D. Nuno um serviço de colheitas diariamente ao dispor dos seus clientes, nas suas instalações, entre as 8h00 às 11h30.

Fisioterapia

Cepomel

A Policlínica D. Nuno tem nas suas instalações uma equipa de fisioterapeutas para ajudar os pacientes, na sequência de uma parceria que estabeleceu com a Cepomel.

Protocolos

Médis, CTT, Bombeiros Voluntários Batalha, Batalha Atlético Clube, ACP, Serviços Sociais da Caixa Geral de Depósitos, Multicare, PT, ACS, Associação Recreativa Amarense, União Desportiva da Batalha, Núcleo de Combatentes da Batalha e Centro Infantil Moinho de Vento.

Pacientes têm ao dispor meios

auxiliares de diagnóstico inovadores

Em São Jorge, a Policlínica D. Nuno disponibilizá aos seus pacientes meios auxiliares de diagnóstico inovadores em medicina dentária. A ortopantomografia é um exame radiográfico que abrange toda a cavidade oral e permite fazer um diagnóstico mais preciso e completo sobre problemas existentes na cavidade oral, como cáries, restaurações infiltradas, raízes retidas no osso, altura óssea do maxilar superior e inferior (importante no planeamento de implantes), entre outras. Este aparelho permitirá fazer um exame muito solicitado em ortodontia para diagnóstico ortodôntico e melhor planeamento dos casos – a teleradiografia de perfil.

É também possível realizar TAC da cavidade oral, maxilar e mandibular. Este exame é extremamente importante no diagnóstico e planeamento de reabilitações com implantes dentários e no planeamento de cirurgias, como a extração de dentes inclusos, sisos, caninos, etc.

Na zona da Batalha e Porto de Mós, a Policlínica D. Nuno será inovadora na utilização da TAC, que permite fazer diagnósticos e planeamentos completos na hora, sem necessitar de recorrer a clínicas que realizem exames complementares de diagnóstico. Diminui o tempo, mas também custos, já que os pacientes que realizem tratamentos na policlínica têm acesso ao exame de forma gratuita. Mas, toda a população poderá realizar este exame, pagando apenas 70 euros.

A cirurgia da catarata é também

um procedimento refrativo

O cristalino é uma lente natural do olho. Em condições normais é transparente o que permite a passagem de raios luminosos e a sua focagem na retina, obtendo-se dessa forma uma imagem nítida. Quando o cristalino opacifica ocorre a catarata. A catarata é muito prevalente e pode provocar cegueira. Quanto ao tratamento, a solução passa por realização de cirurgia. O tratamento é sempre cirúrgico, não existindo actualmente qualquer tratamento médico eficaz.

A técnica cirúrgica mais utilizada é a facoemulsificação, com colocação de uma lente intra-ocular, o que permite uma rápida recuperação visual. É uma cirurgia segura, com uma taxa de sucesso muito elevada.

Usando as lentes intra-oculares adequadas, a cirurgia de catarata também permite corrigir astigmatismos superiores a 1,5 dioptrias, com lentes tóricas, ou obter boa acuidade visual não só para longe como também para perto e distância intermédia, recorrendo a uma diversidade cada vez maior de lentes multifocais (Lentes Premium).

Assim, a cirurgia tende a realizar-se mais precocemente, muitas vezes a partir dos 55 anos. A biometria perfeita (cálculo da lente intra-ocular) e uma técnica cirúrgica sem falhas, permitem o resultado cirúrgico pretendido.

Na nossa clínica, dispomos de uma equipa de profissionais altamente treinados no diagnóstico e terapêutica da catarata. O objetivo é a qualidade visual do doente e a sua comodidade na execução das suas tarefas de vidas diária. Luís Violante, Oftalmologia

 

Policlínica D. Nuno

Rua D.Maria Júlia Sales Zuquete, n°31

Moinho de Vento - Batalha

geral@polidnuno.com

polidnuno@sapo.pt

https://polidnuno.com/

https://www.facebook.com/cdnuno/

Contactos

+351 244 765 700

+351 964 423 402

Horário

Segunda a sexta

09:30 – 13:00

14:00 – 20:00


NESTA SECÇÃO

Maioria tem falta de dentes e há mais a não irem ao dentista

Mais de 30% da população revela que nunca vai ao médico dentista ou apenas vai em caso de ur...

Crianças particularmente suscetíveis aos efeitos prejudiciais do tabaco

O tabaco é lesivo para quem fuma e para todos os que partilham o espaço poluído do fumo de t...

Tenho perdas de urina, e agora?

A incontinência urinária (IU) é uma situação patológica que resulta da incapacidade em armaz...