Piloto da Batalha mentor do projeto "Funcruiser"

O mentor do projeto "Funcruiser" é Mário Cristino, um engenheiro mecânico e mecânico de automóveis, de 44 anos, residente em Casal do Arqueiro, Batalha, que “gosta dos pequeninos Toyota Rav4 e sempre quis preparar um para o Todo o Terreno”.

“Já fizemos algumas provas sempre em categoria T0, a contar sempre para a taça nacional. Os carros T0 são os que têm mais especificações de origem, como caixa, número de suspensões, motorização. Ou seja, é uma viatura praticamente de origem, com alguns melhoramentos para fazer todo o terreno”, explica Mário Cristino, que também é o piloto. O seu navegador é o engenheiro mecânico Magno Bonifácio, de 25 anos, de Vale Salgueiro, Maceira.

A estreia aconteceu na Baja Portalegre, em 2015, e a equipa alcançou o 3º lugar da geral na Taça Portugal de Todo Terreno. Entre outros bons resultados, merece destaque o 7º lugar da geral e o 1º lugar T0 na Baja Portalegre 2018.

“E aqui está o feito: subimos ao pódio da 32ª Baja Portalegre para receber o troféu correspondente ao 1º lugar na classe T0. Que eu me lembre do concelho da Batalha apenas subiu ao pódio desta mítica e internacional prova Carlos Crespo, em 1992, quando venceu nas motos. Para os menos conhecedores, a Baja de Portalegre é no todo o terreno o equivalente ao Rali de Portugal no WRC”, explica Mário Cristino.

A equipa tem participado em “2/3 das provas anuais, porque é caro estar presente em todas”, refere o piloto, adiantando que “é um grande esforço, mas se houver patrocínios” participa em todas.

Se o dinheiro não chegar para cumprir o calendário completo, o mentor do projeto destaca que “gostava de fazer a Baja TT do Pinhal (Sertã/Oleiros/Proença-a-Nova)”, porque nunca a terminou, e a Baja TT Gondomar Rota Filigrana, porque seria a primeira vez e é única na zona norte. “E, talvez, voltar à Baja de Portalegre 500, que já fiz três vezes, porque é a maior”.

Os objetivos principais da “Funcruiser Corporation” são “o desenvolvimento sustentado e faseado do carro, evolução da equipa, participação em diversas provas inseridas no Campeonato Nacional de Todo Terreno português, a conquista da Taça Nacional de Todo Terreno em categoria T0 e a divulgação de todas as entidades apoiantes do projeto nas mais diversas plataformas físicas e informáticas”.

Provas programadas para 2019

23 e 24 março, Baja TT do Pinhal (Sertã/Oleiros/Proença-a-Nova)

12 a 14 abril, Baja de Loulé

24 a 26 maio, Baja TT Capital Vinhos Portugal (Reguengos de Monsaraz)

15 e 16 junho, Baja TT Gondomar Rota Filigrana

21 e 22 setembro, Baja TT Idanha-a-Nova

24 a 26 outubro, Baja de Portalegre 500

 

 


NESTA SECÇÃO

Basquetebol regressa à Batalha passadas duas décadas

A Associação Recreativa Amarense (ARA) criou uma secção de basquetebol, fazendo a modalidade...

UDB é uma das equipas patrocinadas pela Filstone

A União Desportiva da Batalha (escalões de formação e de competição) é uma das equipas que a...

Mestre de Avis concluída por 289 atletas

A Corrida Mestre de Avis 2019, numa distância de 7,3 quilómetros, foi concluída por 289 atle...