Célia Ferreira

A.M.HO. A.Minha.Horta

Personalizar prendas e poupar no papel

Chegámos a dezembro, e com ele veio o frio, apenas o frio, falta-nos a chuva.

Em época de presentes de Natal, por aqui gostamos de partilhar os excedentes do nosso quintal, pois mais do que o presente em si, está o valor da ação de dar. E nada melhor do que oferecer aquilo que produzimos com amor e carinho adicional.

Não será demais relembrar algumas sugestões: garrafas de azeite aromatizado: encher com azeite garrafas bonitas e depois introduzir uma erva ou mistura a gosto.

Sal verde: numa taça juntar duas colheres de sopa de alecrim seco, duas colheres de sopa de orégãos secos, duas colheres de sopa de manjericão e por último uma colher de chá de sal natural. Triturar tudo e colocar num frasco pronto a adicionar sabor e nutrientes às nossas saladas.

Cabaz de hortícolas: presentes úteis à margem do espírito de consumismo desenfreado a que assistimos por estes dias.

Uma coisa que me faz alguma confusão é o excesso de papel nos embrulhos. É frequente vermos nos dias seguintes os amontoados de papéis nas ruas. Tenho optado por embrulhar os presentes em sacas de tecido (que coso) e podem ser de tecido reaproveitado, fazendo assim um presente extra, ou então embrulhá-los - como a minha mãe fazia - num pano de cozinha bonito e, para quem tem jeito com as agulhas, com um picon a embelezar. E assim diminuímos a quantidade de papel a usar.

A quadra natalícia também nos convida a fazer uma introspeção, olharmos para dentro, pensarmos um pouco acerca do que fazemos neste mundo, e se cada um se comprometer a deixá-lo um pouco melhor do que o encontrou, acredito que todas essas ações juntas podem fazer deste um mundo melhor.

Se com 18 anos queria mudar o mundo todo, agora que tenho 40 ajustei o meu sonho e procuro em cada gesto melhorar o mundo em que toco.

Hortícolas para semear e/ou plantar: alfaces, agrião, beterraba, cebolas, couves, coentros, favas, mostarda, nabos, rúcula e salsa. Desbastar as nabiças.

Árvores de fruto plantar: alperces, ameixoeiras, amoreiras, cerejeiras, figueiras, framboeseiras, groselheiras, macieiras, mirtilos, nectarinas, pereiras, pessegueiros Jardim, semear e/ou plantar: goivos, jacintos, tulipas.

Na horta posso cultivar bons alimentos e bons sentimentos! Boas colheitas.


NESTA SECÇÃO

O museu dos sentidos. Mover-se

Dando continuidade à apresentação dos recursos inclusivos existentes no Museu da Comunidade ...

O bicho papão da mudança

Costuma dizer-se que para educar uma criança, além das coisas óbvias como amor e afeto, é es...

Envio de informação empresarial

A portaria n.º 31/2019, de 24 de janeiro aprova os termos a que deve obedecer o envio da Inf...