Peregrinação de outubro fez lembrar os dias das grandes multidões em Fátima

O Papa evocou no dia 13 de outubro, no Vaticano, a sexta aparição de Nossa Senhora aos Pastorinhos na Cova da Iria, em Fátima, convidando os católicos à recitação diária do terço.

“Que a Bem-aventurada Virgem Maria, de que hoje recordamos as aparições em Fátima, nos guie pelo caminho da contínua conversão e penitência para ir ao encontro de Cristo, sol de justiça. Que a sua luz nos liberte de todo o mal e disperse as trevas deste mundo”, disse, no final da audiência pública semanal.

“Confio à celeste Mãe de Deus todos vós, para que vos acompanhe com ternura materna no vosso caminho e seja conforto nas provações da vida”, afirmou.

Na saudação aos peregrinos de língua portuguesa, o Papa convidou a reforçar “o sentir e o viver com a Igreja, perseverando na reza diária do terço”.

“Podereis assim reunir-vos quotidianamente com a Virgem Mãe, aprendendo com ela a cooperar plenamente com os desígnios de salvação que Deus tem sobre cada um. Que o Senhor vos abençoe, a vós e aos vossos entes queridos”, concluiu.

A peregrinação de 12 e 13 de outubro celebra a sexta Aparição de Nossa Senhora aos Pastorinhos, com particular destaque para o chamado “milagre do Sol”.

O cardeal Sérgio da Rocha, arcebispo de São Salvador da Bahia, e primaz do Brasil, presidiu à celebração da vigília em Fátima, no dia 12, numa noite que fez lembrar as grandes multidões de Fátima.

É ao lado de Maria que encontramos “força, esperança e alegria” e por isso Fátima “é o lugar onde encontramos a força para superar as contrariedades e os sofrimentos”, afirmou esta noite o cardeal Sérgio da Rocha, que presidiu na Cova da Iria à última grande peregrinação internacional aniversária do ano.

Esta peregrinação foi a primeira peregrinação ao fim de quase dois anos em que não foi imposta uma lotação máxima à participação dos peregrinos, embora no Santuário ainda se mantenham em vigor algumas regras de proteção individual e comunitária, como o uso da máscara, a higienização das mãos e a distância física entre pessoas que não pertençam ao mesmo agregado.

“Peregrinar é bom , mas também é compromisso, oportunidade singular para dar passos de conversão e vida nova(...) Exige passos na caminhada, com o coração voltado para o Senhor e o olhar confiante em Nossa Senhora, atentos aos irmãos que caminham connosco, ao próximo que deve ser reconhecido e amado como irmão” referiu o cardeal arcebispo de São Salvador da Bahia.

Nas celebrações da manhã seguinte, dia 13, o cardeal arcebispo primaz do Brasil convidou esta os peregrinos de Fátima a respeitar e zelar pela vida e pela dignidade humanas, numa atitude inclusiva.

“Nós somos a Igreja viva, o santuário vivo do Senhor(...) A vida e a dignidade de cada pessoa necessitam ser reconhecidas, defendidas e promovidas, pelos que oram no templo e pelos que formam o templo vivo do Senhor, sem excluir ninguém de nosso amor fraterno”, afirmou D. Sérgio da Rocha na homilia da missa da peregrinação internacional de outubro.

A partir da liturgia deste dia, em que se faz memória da festa da dedicação da Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima, o prelado brasileiro lembrou a importância do templo como espaço e lugar de oração, mas também de compromisso da comunidade cristã.

Na homilia da missa internacional, concelebrada pelo cardeal António Marto, bispo da diocese de Leiria-Fátima e por mais 15 bispos e 200 sacerdotes, o arcebispo de São Salvador da Bahia destacou a “união ao Papa Francisco” e convidou à oração pelos trabalhos do sínodo que agora começou.

“É uma ocasião especial para crescermos na vivência da participação, comunhão e missão da Igreja. Vamos participar sempre mais e ajudar os nossos irmãos a participarem da Igreja; procuremos caminhar sempre mais unidos e prontos para assumir a missão evangelizadora da Igreja no mundo de hoje, em meio a tantos desafios pastorais” disse.

A peregrinação contou com a participação de 48 grupos de 15 nacionalidades diferentes que devolveram ao Recinto do Santuário de Fátima um colorido que há muito não se via. (Imagens e texto Santuário de Fátima).


NESTA SECÇÃO

Incidência da doença no concelho diminuiu no último mês

O Município da Batalha apresentava no dia 12 de setembro uma incidência elevada de Covid-19,...

Hugo Borges é o novo comandante dos bombeiros

O novo comandante dos Bombeiros Voluntários da Batalha, Hugo Borges, tomou posse no dia 20 d...

Programa Ecovalor premia escolas da região que mais reciclaram

A administradora delegada da Valorlis, Marta Guerreiro, visitou o Centro Escolar dos Parceir...