Pedreira da Barrosinha pode acabar em tribunal e com indemnizações

Há intervenções e decisões promovidas até agora por algumas entidades públicas e privadas no âmbito do processo de pedido de licenciamento da pedreira da Barrosinha, na freguesia do Reguengo do Fetal, “suscetíveis de serem indemnizáveis” e que “consubstanciam a prática de contraordenações”, segundo a Comissão Especial de Defesa do Reguengo do Fetal – Pedreiras só com História e a Assembleia de Compartes, que admitem recorrer aos “meios judiciais” para garantir que o projeto não avança... (Notícia completa na edição impressa de novembro)


NESTA SECÇÃO

Valorlis em campanha de inclusão para aumentar a reciclagem

A Environment Global Facilities (EGF) e as suas 11 concessionárias – entre as quais a Valorl...

Câmara sujeita a ter de indemnizar empresas de exploração de pedra

O Tribunal Administrativo e Fiscal de Leiria aceitou uma providência cautelar, interposta pe...

Autarca representante do Comité de Acompanhamento do Centro 2020

O presidente da Câmara da Batalha, Paulo Batista Santos, foi eleito no dia 4 de novembro, em...