José Travaços Santos

Casa da Madalena

Peça a peça, o Museu Etnográfico da Alta Estremadura

Como disse no número anterior, o edifício do Museu foi sujeito a obras de restauro que, embora não sendo em profundidade, não têm permitido a sua abertura ao público, o que se espera para breve.

Ainda na cozinha, mostra-se, neste número, um dos painéis que revelam o tipo de paredes interiores, neste caso o de carrisca (parede feita de argamassa em que se inserem cascas de pinheiro). Trata-se da zona mais antiga do edifício, possivelmente datando do século XVIII. Noutros espaços há paredes de tabique, em que as fasquias são muito mais estreitas do que as de carrisca, e de tijoleira.

Tectos e sobrados, iguais aos anteriores, são resultado dos restauros primorosamente executados pelo mestre rebolariense Abílio Monteiro Jordão.


NESTA SECÇÃO

Destino de alguns valores do Mosteiro de Santa Maria da Vitória

Universalidade de Portugal Não sei se Portugal pode cumprir outra missão, servir ou...

Exposição liga Batalha aos principados romenos

Está patente no mosteiro uma exposição intitulada “Os principados romenos no tempo da constr...

Infante D. Henrique, Imperador de novos mares e de novos céus

Infante D. Henrique   “Talant de bien faire”   Tive a vocação do bem.   ...