José Travaços Santos

Casa da Madalena

Peça a peça, o Museu Etnográfico da Alta Estremadura

Mostro outro plano da casa do tear, tear em bom estado de funcionamento (todos os anos trabalha por altura do “Museu ao Vivo”), vendo-se também, à esquerda, a urdideira, em frente a roda de fiar, e à direita alguns ferros de engomar da colecção do Museu. Num dos ferros, que não está visível na fotografia, em vez de carvão usava-se uma pequena barra de ferro que se aquecia na lareira até ficar quase incandescente. Muito pesado, exigia de quem o utilizava um grande esforço. O manequim mostra como a mulher trajava nas suas lidas caseiras, sempre de lenço, com blusa de chita e saia de riscadilho com barra vermelha. Frequentemente descalça, usava também com uma certa frequência os canos de lã e, às vezes, nas suas idas ao pátio, calçava tamancos.


NESTA SECÇÃO

Alberto Sardinha, uma das maiores figuras da cultura em Portugal

Círio   Caminho a descontar pecados em cada passo, em busca do santo da minh...

Nos 521 anos da Vila e do Município da Batalha

  A Pomba (Sobre o poema “o Arco” do poeta hispano-árabe de Múrcia Al-Buqayra, do sécu...

Nos 58 anos do Rancho Folclórico Rosas do Lena

Jesus   Renasce todos os anos no meu coração este Deus meigo e fraterno, ...