Parlamento analisa estudo que confirma redução do ruído

O estudo do Laboratório de Ruído e Vibrações que confirma a evolução positiva dos níveis do ruído na zona da frente do Mosteiro da Batalha vai ser analisado na Assembleia da República no âmbito da discussão projeto de resolução pela proteção e salvaguarda do Mosteiro da Batalha, através da eliminação de portagens na A19, uma iniciativa de “Os Verdes”.

A iniciativa visa recomendar ao governo que tome as medidas necessárias com vista à eliminação de portagens na A19, no troço da variante da Batalha, por forma a diminuir o tráfego junto ao Mosteiro da Batalha, como medida complementar à barreira acústica.

O estudo verificou uma redução de 9 e 10 dB(A), respetivamente no descritor das 24 horas (Lden) e no descritor noturno (Ln). Também as vibrações registam uma “evolução muito favorável e hoje os níveis medidos permitem concluir, por exemplo, que as vibrações, de caráter continuado, registadas durante o ensaio realizado, provocadas pelo tráfego rodoviário no IC2/N1, apresentaram valores inferiores limite máximo estabelecido, pelo que não há risco de dano no edifício decorrente da estrada”, lê-se no relatório do estudo.

“A iniciativa parlamentar dos deputados do partido ecologista “Os Verdes” é muito oportuna, merece o nosso total apoio e coincide com a divulgação dos resultados técnicos que comprovam o contributo positivo do projeto que realizámos na proteção do mosteiro da Batalha”, considera o presidente da câmara.

“Este projeto foi desenvolvido em estreita parceria com a Direção-Geral do Património Cultural, a concessionária Infraestruturas de Portugal e ainda teve financiamento da União Europeia, para além do apoio da Assembleia da República, do governo e de muitas personalidades nacionais e estrangeiras, a quem o município agradece e felicita pela coragem de nos ajudarem a fazer um projeto único em termos nacionais, na defesa de um património também ele singular”, adianta Paulo Batista Santos.


NESTA SECÇÃO

Bolsas duplicam para alunos que forem para os Açores

A Câmara da Batalha anunciou que vai duplicar o valor das bolsas de estudo a atribuir aos jo...

Escola requalificada abre portas a projeto sempre inacabado

A obra de requalificação da Escola Básica e Secundária da Batalha foi inaugurada no dia 7 de...

Casal de burlões condenado por arrendar casas alheias

O Tribunal de Leiria condenou um casal residente no Concelho da Batalha a sete anos de prisã...