Espaço do Museu

Museu da Comunidade Concelhia da Batalha Município da Batalha

Os 30 anos do Jornal da Batalha

Jornais. Revestem os quiosques de notícias; transportam-se debaixo do braço; acompanham o café. Cobrem a atualidade da sociedade, da economia, da cultura, da política, da saúde, do desporto. Investigam, revelam números, esclarecem, informam e comentam. No seu papel lêem-se as “gordas” e as “magras”: as letras.

E há-os, cada vez mais, em suporte digital, graças ao milagre da internet e ao rápido acesso à informação, condenando à redução da impressão em papel. Mas isso é hoje.

Quando Gutenberg inventou a impressão, no século XV, estaria longe de imaginar onde a evolução deste mecanismo de escrita iria chegar. Nessa época, tão pouco se imaginaria que no concelho da Batalha se produziriam 10 títulos de jornais durante um século.

Na Batalha, o primeiro jornal - “A Batalha Nova” - foi editado em 1909. Outros periódicos se seguiram, um pouco por todo o concelho, uns com maior duração que outros.

O jornal de maior longevidade na história da imprensa do concelho nascia em julho de 1990. O mensário “Jornal da Batalha” mantém-se atualmente, sendo aberto, pluralista e de independência ideológica.

Ao longo de 30 anos, o Jornal da Batalha, acompanhou os grandes acontecimentos do concelho, como festividades, eventos culturais, sociais e políticos, construções e reabilitações. São três décadas em que se enfrentaram crises e momentos mais difíceis. A presente pandemia da COVID 19 foi, e é, um claro desafio à sobrevivência dos jornais locais que têm de repensar os seus formatos e a sua distribuição.

Apesar das adversidades, o registo de 30 anos é um enorme contributo para a memória futura da Batalha, sendo as centenas de publicações documentos históricos para este território.

Para o Museu da Comunidade Concelhia da Batalha (MCCB) a parceria com este Jornal, através dos seus profissionais, é de extrema importância. O Jornal da Batalha, que acompanha as ações do município ao longo do seu percurso, noticiou as etapas fundamentais deste museu, desde 2003, ano da criação da comissão instaladora, acompanhando os processos de construção do edifício, a inauguração, os eventos, os prémios…

O Jornal da Batalha disponibiliza desde o início do projeto do MCCB, um espaço dedicado exclusivamente ao Museu, onde mensalmente se partilham eventos, acontecimentos históricos, peças e informação sobre a ação museológica.

Para além desta colaboração, o Jornal da Batalha, marca presença nos eventos realizados no Museu. Destaca-se, a título de exemplo, a colaboração do seu diretor Carlos Ferreira, enquanto convidado, na tertúlia “25 de Abril – A imprensa antes e depois”.

Mais do que um veículo de informação, o Jornal da Batalha presta serviço público à comunidade, envolvendo diversos parceiros e colaboradores do concelho e promovendo a diversidade dos seus conteúdos.

Ao Jornal da Batalha, o Município da Batalha, através do MCCB, dirige os seus sinceros parabéns por 30 anos de atividade.


NESTA SECÇÃO

IVA da eletricidade baixa para a taxa intermédia de 13%

IVA da eletricidade baixa para a taxa intermédia (13%) em dezembro de 2020. Serão aplicadas ...

A importância de uma rede social eficaz

Onde estava e o que fazia há 30 anos? Esta edição do Jornal da Batalha assinala mais um a...

O que quebra um vime, não quebra um feixe

Quanto tempo tem 30 anos. A resposta é impossível. As nossas experiências, a maneira como as...