Orçamento do município cresce 10% para 19,7 milhões de euros em 2021

A Câmara da Batalha aprovou o orçamento e as grandes opções do plano para 2021, num total de 19,7 milhões de euros, um aumento de 10% em relação ao ano anterior, e projeta investimentos de 60 milhões de euros para os próximos cinco anos.

O orçamento foi aprovado no 16 de novembro, com os votos a favor dos vereadores eleitos pelo PSD, a abstenção do CDS/PP e o voto contra do vereador do PS.

É intenção da edilidade efetuar uma “forte aposta na componente ambiental (projetos ambientais, águas e saneamento), no valor global de seis milhões de euros, onde se destacam as empreitadas das ciclovias e ecovias, reabilitação das margens do rio Lena, a continuação da ampliação da rede de saneamento básico e a renovação da rede de águas, “projetos essenciais para o futuro e que não podem ser adiados, mesmo que não tenham grande visibilidade e possam gerar alguns transtornos à população”.

Nas áreas do desporto e educação, a câmara municipal prevê lançar o concurso público para a construção do Pavilhão Gimnodesportivo de São Mamede, bem como a continuação dos programas de apoio à natalidade e à educação, onde se destaca o projeto de financiamento dos cadernos escolares e a construção de uma nova creche municipal.

O orçamento para 2021 apresenta um “reforço nos apoios sociais”, segundo o presidente do município, sendo que as funções sociais representam 69,9% e as económicas 21,9% do plano e orçamento, mais 37% em relação ao ano transato.

A autarquia também pretende desenvolver o plano estratégico “Batalha 2030”, documento que “definirá as grandes linhas de orientação para uma visão de futuro para o concelho tendo em conta, sobretudo, o novo quadro comunitário de apoio 2021-2027”, acrescenta Paulo batista Santos.

Segundo a autarquia, “o endividamento municipal mantém-se em níveis mínimos, abaixo do valor de 2,5 milhões de euros, o que se traduz num indicador muito positivo de solvabilidade, bem assim representa que face ao limite legal da dívida atribuído em 16,1 milhões de euros, a autarquia ainda dispõe de uma margem de endividamento de 13,6 milhões de euros”.


NESTA SECÇÃO

Rendimento das famílias foi o que mais cresceu a nível distrital

As famílias do Concelho da Batalha foram, no distrito de Leiria, as que mais viram crescer o...

Empresas conquistam 53 troféus PME Excelência e PME Líder

O estatuto PME Excelência e PME Líder 2020, que traduzem os melhores desempenhos económico-f...

Aprovadas 15 candidaturas no valor de 30 mil euros

O Município da Batalha aprovou no dia 19 de abril as primeiras 15 candidaturas no âmbito do ...