Patrícia Moreira

Médica, USF Condestável, Batalha

Opinião: A sua USF Condestável na era pós-Covid-19

Proximidade: é esta a palavra que define a relação do Médico de Família com o seu utente e a sua comunidade; é essa a palavra que nos enche de orgulho e que acreditamos fazer a diferença na USF Condestável. Porém, este ano, o vírus chamado Covid-19 veio surpreender-nos a todos e obrigar-nos a redefinir o nosso dia-a-dia. Afinal, a melhor maneira de demonstrar amor é adiando o abraço e a melhor maneira de estar próximo é mantendo a distância.

A sua USF Condestável não foi exceção e, de modo a protegê-lo desta pandemia, tivemos de reorganizar o atendimento aos utentes. Lembre-se: apesar de já não estarmos em estado de emergência, o nosso visitante incómodo (o Covid-19) ainda não foi embora e é nossa obrigação implementar medidas que diminuam o seu risco de exposição à doença.

Após a desmarcação de consultas que nos foi exigida devido ao plano de contingência, chega agora o tempo de reiniciarmos a nossa atividade, que irá ser feita de forma gradual e monitorizada, privilegiando o atendimento não-presencial (telefónico ou por e-mail).

Recomeçar implica priorizar e, neste caso, cuidar e olhar por aqueles que mais precisarão de nós. Por esse motivo, a USF Condestável (nos polos da Batalha e São Mamede) irá reagendar as consultas dos grupos de doentes mais vulneráveis e de risco. Não se preocupe, se se encontrar nestes grupos será contactado pela sua equipa de saúde. Caso não pertença, deve entrar em contacto connosco por telefone ou e-mail, e ser-lhe-á agendada uma consulta presencial em horário definido de acordo com a sua situação clínica.

Serão então possíveis, após contacto telefónico ou por e-mail, realizar as seguintes consultas: doença aguda; utentes com doença oncológica ou descompensação de doença crónica; Saúde Infantil para realização do Teste do Pezinho, 1ª consulta de vida, consulta de 1º mês e consultas que coincidam com o calendário vacinal; Saúde Materna para 1ª consulta de gravidez, transição de trimestre, avaliação de intercorrências na gravidez, administração de imunoglobulina anti-D e vacinação; Planeamento Familiar para fornecimento de contracetivos, incluindo contraceção de emergência; vigilância de grupos de risco como hipertensão arterial, diabetes, multimorbilidades; vacinação; tratamentos de enfermagem inadiáveis; domicílios inadiáveis a doentes dependentes.

Existem outras questões que não necessitam de ser resolvidas presencialmente! Para declarações e renovação de baixa médica deve contacte-nos por telefone ou e-mail. Para renovação de receituário crónico, use preferencialmente o pedido eletrónico, enviando um e-mail com o seu nome, data de nascimento ou número de utente, e indicando o nome dos medicamentos de que necessita. A receita será então enviada por telemóvel ou e-mail, consoante a sua preferência.

Porém, atenção! Se se encontra com febre (>38º C), tosse, dificuldade em respirar ou dor de garganta, contacte primeiramente a Saúde 24 ou a nossa USF (244769920 / 913654793 / 913654814). Poderá, posteriormente, ser encaminhado para a nossa Área Dedicada ao Covid-19, localizada no pavilhão desportivo do Agrupamento de Escolas da Batalha, para ser avaliado com os cuidados necessários.

Evite saídas e deslocações desnecessárias! Estamos a um passo de distância por e-mail (usf.condestavel@arscentro.min-saude.pt) e a outro passo por telefone (Batalha – 244769920, 2ª a 6ª feira das 8h às 20h e sábados das 9h às 13h; São Mamede – 244769920, 2ª a 6ª feira das 9h às 16h). E sabia que a sua USF Condestável tem página de Facebook e Instagram? Encontre-nos lá!

Mais perto do que nunca.


NESTA SECÇÃO

Em tempo de Covid, “contar carneirinhos” não chega

Março é um mês de mudança, onde a primavera bate à porta e o sol começa, timidamente, a apar...

Reabriu a extensão de saúde do Reguengo do Fetal

A extensão de saúde do Reguengo do Fetal reabriu no dia 15 de março, após obras de conservaç...

Antibioterapia. Da farmacologia à terapêutica: o melhor uso possível

Conhecemos hoje, melhor do que nunca, a população microbiológica associada aos doentes com i...