A Opinião de André Loureiro

Presidente do PSD da Batalha

Obrigado pela missão quase cumprida

É correto e não apenas de bom-tom agradecer algo que nos dão ou um serviço que nos prestam, por mais insignificantes que sejam. Pode ser apenas um mero formalismo, mas não o é apenas: representa sempre um gesto de respeito que combina uma espécie de pacto de entreajuda entre pessoas que se entendem e respeitam.

Agradeço, nesta ocasião, a todas e todos que nestes últimos oito anos ajudaram a construir um Concelho da Batalha mais justo e mais desenvolvido em muitos domínios, mas também agradeço a compreensão que tiveram pelos erros que tenhamos cometido na missão nobre de governar o Município da Batalha.

Apenas um pequeno comentário: sabemos que há agendas que teimam em continuar a semear o ódio e a divisão entre nós. Já tínhamos visto isso noutros tempos, para alguns dos novos aprendizes de políticos “facebookianos” não basta a conquista do poder pelo poder, é preciso continuar a polarizar opiniões e arrasar tudo que lhe mereça contestação para, logo depois, colocar o chapéu da vitimização alegando que o problema é sempre dos outros, ou seja, a tendência de criticar só por criticar tenderá a continuar.

Todavia, acredito que é um caminho que a breve prazo revelará a sua inconsistência, até porque quando somos chamados a colaborar na decisão, não basta fazer como os políticos de karaoke que por cá temos, é preciso ter um pensamento estruturado e ações concretas sobre os problemas do nosso concelho.

Neste particular, o relevante é prosseguir e garantir que os principais desígnios do concelho serão continuados e melhorados num novo ciclo político que agora se inicia e, estou certo, irá evoluir das meras intenções para projetos concretos que possam contribuir para mais progresso social e económico.

Sem propósitos de hierarquização, acredito que o combate aos efeitos da pandemia continuará na linha da frente das preocupações. Em concreto, falo da necessidade de melhoria dos serviços públicos de saúde, em condições de atendimento e com acréscimo de profissionais. A gestão dos recursos humanos na área da saúde não é diretamente uma responsabilidade do poder local, mas ele tem de usar o seu magistério de influência e reivindicação junto das autoridades centrais.

Também a criação de mais condições de apoio às atividades económicas, designadamente ao nível da atração de mão-de-obra qualificada e também indiferenciada para fazer face às principais indústrias do concelho, é outra preocupação que temos de continuar a trabalhar com os promotores, sob pena de não conseguir evitar a deslocalização de algumas das principais empresas empregadoras.

De igual forma a qualificação do turismo natural e a valorização de novas atividades de empreendedorismo jovem são domínios que faltam cumprir para a melhor competitividade local, sendo uma das áreas em que a missão está por cumprir!

Outros desafios estão por realizar, motivo pelo qual, como sempre o fiz, expresso votos de sucesso à nova governação local, da qual tenho a honra de fazer parte enquanto vereador eleito pelo Partido Social Democrata, sempre disponível para ajudar a minha/nossa terra. Na mesma dimensão em que tenho muito orgulho do trabalho realizado nos últimos anos, estou determinado a continuar a mobilizar vontades para construir um futuro melhor para o Concelho da Batalha.

Obrigado, a missão vai prosseguir!

 


NESTA SECÇÃO

Regularização do IVA dos créditos de cobrança duvidosa

Com a aprovação da Lei do Orçamento do Estado para 2020, o regime fiscal de regularizações d...

Miniaturas etnográficas na Galeria do Turismo

Apesar da paragem, forçada pela pandemia, das suas actividades com público, o Rancho Folclór...

Um outono que apela à proximidade e colaboração entre vizinhos

Chegou o Outono, e com ele um novo ciclo começa. Se repararmos com atenção, percebemos que a...