A Opinião de Dália Silva e Samuel Remédios

Membros Iniciativa Liberal da Batalha

O que faria com mais 120€ por mês no seu bolso?

Desde o dia 1 abril que decorre o prazo de entrega dos modelos de IRS. De acordo com o Orçamento de Estado para 2022, já aprovado na generalidade, o atual Governo PS criou dois novos escalões passando de sete para nove. Mas o que muda na realidade? Segundo o INE, em 2021, a remuneração bruta mensal média de um trabalhador português foi de 1.361€. Num cálculo simples, um trabalhador solteiro receberá por ano 19,054€ brutos (dos mais pobres da UE). Segundo os dados do governo, este trabalhador pagará durante o ano de 2022, uma taxa anual de IRS de 28,5% sobre os seus rendimentos (4º escalão), ou seja 2,981€ - face aos 3,033€ pagos em 2021, ou seja uma poupança anual de 85€.

Mas não haverá outras soluções igualmente (ou mais vantajosas ainda dos nossos bolsos) que ajudem a reter os nossos jovens talentos em Portugal e a dinamizar a economia? A Iniciativa Liberal propõe por exemplo a Flat Tax! A introdução de uma taxa fixa sobre todos os rendimentos de 15% com eliminação de todas as deduções (salvo exceções como por exemplo agregados com salários mínimos e agregados filhos com doenças ou deficiências que pagariam 0%)

Com esta medida, e considerando que os valores até ao salário mínimo (705€) estão isentos, o mesmo trabalhador irá pagar a taxa dos 15% será sobre a diferença entre os 1,361€ - 705€, logo sobre 656€. Assim este trabalhador desconta apena 98,40€/mês ou seja 1,378€/ano - uma poupança de 1,655€ face ao sistema proposto pelo governo para 2022! Recapitulando, no primeiro caso, com o governo PS, o trabalhador português paga menos 6€ por mês face a 2021. Com a proposta da Iniciativa Liberal, pagaria menos 118€ todos os meses.

O que faria com quase 120€ por mês no seu bolso?

Vários países europeus adotaram regimes de taxa única, como a Irlanda e Eslováquia, ou regimes com apenas duas taxas, como a Lituânia, tal como a Iniciativa Liberal propõe para uma fase de transição, a fim de garantir a progressividade. A maioria destes países já nos ultrapassou em crescimento económico, o que permitiu o aumento do valor salarial mensal do trabalhador e da capacidade de investimento dos respetivos governos no Estado Social. Quantas entidades empregadoras optam por beneficiar os seus colaboradores aumentado “à socapa” o ordenado líquido oferecendo ajudas de custo, vales oferta ou disponibilizando viaturas para o trabalhador não mudar de escalão?

Tem mesmo de ser assim? Não podemos ser um país em que dá orgulho trabalhar e receber pelos nosso talento? É urgente aumentar rendimentos, aumentar a produtividade e tornar as nossas empresas mais fortes e capitalizadas! A Flat Tax não é a solução mágica, mas é uma solução liberal que pode ajudar a por Portugal na rota do crescimento e do desenvolvimento para que saí da cauda dos mais pobres da Europa…

 

Convite: Tornei “Padle pela Liberdade”

No próximo dia 18 de junho, a Iniciativa Liberal Batalha vai organizar o 1º Torneio de Padel Pela Liberdade do Concelho! Junta te a esta iniciativa de convívio desportivo e social a acontecer no Complexo Desportivo da Batalha. As inscrições abrem no dia 1 de junho nas nossas redes sociais e teremos algumas surpresas e novidades para os Batalhenses.

 

 


NESTA SECÇÃO

Há cem anos a primeira travessia aérea do Atlântico Sul

Foi há cem anos, entre 30 de Março e 17 de Junho de 1922, que dois oficiais portugueses, Com...

Medidas de resposta ao aumento dos preços dos combustíveis

Foi publicada em 28 de abril de 2022, a lei n.º 10-A/2022, que aprova as seguintes medidas e...

Regulamento do sistema de incentivos “Empresas 4.0”

Foi criado o sistema de incentivos «Empresas 4.0», que tem como objetivo promover e apoiar f...