MCCB (Museu da Comunidade Concelhia da Batalha)

Espaço do Museu

“No Rasto da Devoção”: São Miguel Arcanjo, da Batalha

Proveniente do Mosteiro da Batalha, é uma das peças emblemáticas em exposição no MCCB. São Miguel Arcanjo representa-se numa rigorosa e elegante escultura de calcário, envergando armadura, manto e diadema, o arcanjo subjuga a seus pés um demónio, em que espetava uma lança (Redol, Boletim do MCCB, 2014).

A peça terá sido realizada com o preceito de ser integrada no altar do Infante D. Pedro, na Capela do Fundador, avaliando pela escala e relação com a pintura mural decorativa.

Segundo Pedro Redol, Técnico do Mosteiro da Batalha, São Miguel Arcanjo é uma peça de elevada importância, não só pela sua qualidade, mas sobretudo porque nos leva a identificar outras obras da oficina de escultura devocional do Mosteiro da Batalha, em meados do século XV. Ela «permite-nos estabelecer vínculos formais com a produção de Coimbra, associar-lhe outro acervo que se conserva no Mosteiro de Santa Maria da Vitória e compreender que, apesar da importância que teve a oficina de escultura do portal principal, entre aproximadamente 1420 e 1440, o labor dos escultores que lhe sucedem assume caraterísticas próprias» (idem).

São razões que justificam a sua atual integração na grande exposição "No Rasto da Devoção - Escultura de Pedra no Convento de Cristo, entre os séculos XIV e XVI".

A mostra foi inaugurada em 31 de janeiro e resulta da iniciativa do núcleo pétreo das reservas do Convento de Cristo de Tomar resulta da parceria entre este Convento/Direção Geral do Património Cultural e o Centro de Estudos em Arqueologia, Artes e Ciências do Património da Universidade de Coimbra. A exposição centra-se na produção escultórica devocional entre os séculos XIV e XVI, captando afinidades de trabalho oficinal desenvolvido entre Coimbra, Tomar e Batalha.

Patente nas Salas do Noviciado, esta mostra, em exibição até 27 de julho, revela relevantes esculturas religiosas em pedra provenientes de museus nacionais, municipais, diocesano de Santarém e de igrejas paroquiais de Tomar.

Para a substituição desta majestosa peça no MCCB, poderá contemplar uma belíssima escultura de São João Evangelista, cedida também pelo Mosteiro da Batalha.

Convidamos os leitores a vir conhecê-la de perto e apreciar os seus detalhes, dos quais se destaca a mão que ampara o rosto em expressão de tristeza pela morte e paixão de Cristo.


NESTA SECÇÃO

O Dia do Bolinho e o Verão de São Martinho

E num ápice chegámos a novembro, o décimo primeiro mês do ano no calendário gregoriano, que ...

Voltemos às eleições legislativas

O ato eleitoral do passado dia 6 de outubro mostrou um crescimento sustentado do Partido Soc...

Programa fiscal do novo Governo

O novo Governo tomou posse, e apresentou o seu programa, o qual foi analisado e discutido na...