José Travaços Santos

Apontamentos sobre a História da Batalha (235)

No princípio era o Verbo

Admirável é o campo da astrofísica

que aprofunda a origem das origens

até onde se alcançaram

os limites físicos do Infinito,

desvenda os núcleos negros das galáxias,

fontes donde elas brotaram

e seus implacáveis destinos,

e a explosão inicial da semente

dos mundos,

seu gigantesco despertar.

Mas o investigador, por mais astuto,

deixa sempre um ponto controverso

por desvendar:

quem foi o semeador

que, no nada absoluto,

lançou a primeira semente

do Universo

e a fez germinar.

 

A fotografia que hoje acompanha os “Apontamentos” mostra como a Rainha de Inglaterra, Isabel II, foi recebida na Batalha em 20 de Fevereiro de 1956. Ao centro, num tabulado, estão a Rainha e o marido, Filipe, duque de Edimburgo, a receber a saudação da guarda de honra, e por todo o antigo largo de D. João I, uma multidão que quis ver a soberana. Todo o casario do largo desapareceu nos anos sessenta. Colchas nas janelas e empoleirado, no telhado da casa dos meus avós, um grupo, que não consigo identificar.

Lamentavelmente não sei quem tirou a fotografia.

 

 

Exposições no Turismo da Batalha

 

Ao longo deste ano, prestes a findar, o nosso Turismo vem realizando uma série de exposições, de grande qualidade e de significativa expressão, ao ritmo de uma por mês.

Sempre sob o patrocínio da nossa Câmara Municipal, estas exposições deram a conhecer vários artistas da região, algumas colectividades e valores culturais que devem ser divulgados.

Durante o corrente mês vai estar presente ao público uma exposição sobre a família Jorge Ribeiro, célebre pelo número e pela qualidade de artistas canteiros todos eles intervenientes nas obras de restauro do Mosteiro de Santa Maria da Vitória nos séculos dezanove e vinte. A exposição é da iniciativa duma jovem descendente do saudoso José de Sousa Ribeiro, pintora Drª. Helena Ribeiro.

 

 

O nosso Museu mais uma vez premiado

 

O Museu da Comunidade Concelhia da Batalha acaba de ser galardoado com mais um expressivo prémio, Prémio Internacional da 12ª edição dos Prémios Ibermuseus de Educação (categoria II – realização de projectos). Trata-se de “O Património e a Biodiversidade na Batalha em torno do rio Lena. Conhecer para proteger”.

Este prémio se é justificado motivo de orgulho para quem dedicadamente trabalha no Museu, e Câmara Municipal, é também para todos os naturais do Concelho da Batalha.

E já agora uma pergunta: tem visitado o Museu e participado ou simplesmente assistido às suas actividades?

 


NESTA SECÇÃO

Museu lança livro multiformato no Dia da Pessoa com Deficiência

O Museu da Comunidade Concelhia da Batalha (MCCB) celebra o Dia da Pessoa com Deficiência co...

Terceiro livro de Rui Borges Cunha tem os frades dominicanos como protagonistas

O livro “Convento de Santa Maria da Vitória. A vivência dos frades dominicanos na Batalha”, ...

Uma obra notável e invulgar, a do Professor José Ribeiro de Sousa

No Horto das Oliveiras   Moram em mim silêncios e desertos que a dimensão humana nã...