Célia Ferreira

A.M.H.O. A.Minha.Horta

Não atrapalhar a organização natural

Este inicio frio e chuvoso de abril faz-nos lembrar o provérbio “abril águas mil”. Pois a sabedoria popular tem ainda outro muito interessante: “abril frio e molhado, enche o celeiro e farta o gado”.

E se olharmos para a natureza espontânea percebemos que nesta altura tudo desponta da terra. É ver crescer todas as plantas e flores e como se tornam viçosas com estas águas que têm caído. Gosto de ver assim os campos, exuberantes, com flores por todo o lado, e é com elas que enfeito as jarras cá em casa. Quanto mais conheço os atributos das plantas espontâneas, mais sinto gratidão pela natureza generosa que me rodeia. Para a maioria dos agricultores que conheço o meu quintal parece demasiado desorganizado, mas a verdade é que consigo colher muitas plantas e manter uma diversidade muito maior de culturas, e algumas deixei de plantar/semear, pois crescem espontâneas por onde querem. Cada um tem a sua organização, a minha é a de não atrapalhar muito a organização natural. É também verdade que as plantas que partilho, como são mais “desenrascadas”, não precisam de muitos cuidados para se manterem saudáveis nas suas novas moradas.

Reconheço cada vez mais as propriedades das plantas espontâneas. A urtiga passou a ser frequente nas refeições cá de casa e outras seguem-lhe o rasto. Assim precisamos cada vez menos de intervir. Há ainda técnicas para cultivar alimentos sem cavar, em suma a horta caseira já não precisa de ser uma canseira.

Hortícolas para semear e/ou plantar ao ar livre: abóboras, aipo, alfaces, alho francês, batatas, beringelas, beterrabas, broculos, cebolas, cenouras, coentros, couves-flor, couves-repolho, couve-rábano, espinafres, ervilhas, malaguetas, nabiças, nabos, pepinos, pimentos, salsa, tomates, rabanetes, rúcula e calêndulas.

Jardim, semear: amores perfeitos, cravos, crisântemos, dálias, bocas de lobo, capuchinhas (estas são excelentes para circundar a nossa horta), agrião de jardim e calêndulas.

Arbustos e arvores de fruto para plantar: amoreiras, arandos, framboesas, groselheiras, mirtilos, morangueiros e videiras.

Mantenha-se a par das partilhas em: https://www.facebook.com/AMHO.A.Minha.HOrta/

Na horta cultivamos alimentos e sentimentos!

Boas colheitas.


NESTA SECÇÃO

Convites irrecusáveis

Acho que nunca vos contei que adoro viajar no tempo. Como é que se viaja no tempo? Com um ma...

Trabalhar na coffee-shop?

Enquanto procuro emprego outra vez, encontro o Bill, que encontram no artigo “Como chegar ao...

O museu dos sentidos. Mover-se

Dando continuidade à apresentação dos recursos inclusivos existentes no Museu da Comunidade ...