MCCB (Museu da Comunidade Concelhia da Batalha)

Espaço do Museu

“Museus Hiperconectados: Novos Desafios e Perspectivas”

Maio é o mês em que todo o Mundo celebra a existência dos museus. “Museus Hiperconectados: Novos Desafios e Perspectivas” é o tema definido pelo Conselho Internacional dos Museus (ICOM) para a celebração do Dia Internacional dos Museus 2018, que se comemora a 18 de Maio.

Numa era em que a tecnologia e o digital tomam as rédeas do mundo, entende o órgão máximo dos museus – o ICOM -, apelar à reflexão sobre um tema extremamente atual. Um tema que desafia os museus a uma análise profunda sobre a pertinência das tecnologias nas relações que se estabelecem com as comunidades e com os públicos. A comunicação entre museus e pessoas, nos dias de hoje, exige constantes adaptações, tendo em vista a aproximação das coleções aos públicos. Páginas de Internet, redes sociais, aplicações para o telemóvel, partilha de vídeos e de imagens, utilização de tecnologia associada à realidade aumentada, visitas tridimensionais são algumas das soluções a que os museus recorrem para comunicar com o mundo cada vez mais tecnológico. As próprias exposições têm no seu percurso equipamentos multimédia interativos que atraem os visitantes.

Tais recursos deverão ser encarados como aliados dos museus para a interpretação das suas exposições ou para a facilitada conexão com os visitantes. Nos dias atuais, em que a vida é cada vez mais “em direto”, é praticamente impensável marcar-se uma visita ou uma outra atividade sem se recorrer ao correio eletrónico ou a uma rede social.

Na verdade, o percurso tecnológico já vem a traçar-se há alguns anos, sendo bem visível, por exemplo, na evolução dos smartphones, equipamentos indissociáveis das sociedades modernas e que também facilitam a comunicação entre museus e públicos.

No MCCB, não se descuram as novas tecnologias. Livros virtuais, vídeos e outras plataformas interativas servem para uma mais fácil compreensão dos conteúdos expositivos e do enquadramento dos objetos que se revelam a quem o visita. A comunicação com os seus públicos tem o email geral@museubatalha.com como principal aliado, o site www.museubatalha.com como essencial para a apresentação do museu ou a página do facebook (MCCB- O Museu de Todos) para uma maior interação com as pessoas.

Mas não esqueçamos que é de pessoas, com pessoas e para pessoas que se fazem os Museus e que o MCCB não descura o contacto humano e personalizado. Por essa razão, e apoiados pelas tecnologias, convidamos os leitores a usufruir das visitas ao Museu e das suas iniciativas. Em breve, apresentaremos – nas plataformas digitais habituais (e não só) – o programa proposto pelo Município da Batalha, através do MCCB, para o Dia Internacional dos Museus.


NESTA SECÇÃO

“A Quaresma do deserto não é negação da autoestima”

(…) A nossa Quaresma recorda, não apenas a história de Israel, mas também a história pessoal...

Nª Srª das Candeias e a tradição dos fritos na Freguesia de São Mamede

Diz a tradição popular portuguesa que a 2 de fevereiro, dia de Nossa Senhora das Candeias, s...

Duarte Costa, um mestre da guitarra quase esquecido

Acontece que no domínio das artes, seja na literatura, na pintura, na escultura ou na música...