Municípios da região reduzem preço dos passes em 50%

A Comunidade Intermunicipal da Região de Leiria (CIMRL), que integra 10 municípios do centro e norte do distrito, incluindo o da Batalha, anunciou no dia 19 de março “a redução em 50% do tarifário dos passes dos transportes públicos”, o que corresponde a um investimento superior a meio milhão de euros.

A CIMRL apresentou ao Governo o seu plano de aplicação do programa de apoio à redução tarifária na Região de Leiria (PART-RL) que concretiza, para um período de oito meses de aplicação, em 2019, a redução de 50% do tarifário dos títulos de transporte de utilização mensal do serviço rodoviário, a aplicar aos passes municipais e intermunicipais, com origem e destino dentro do território da comunidade. A percentagem de redução pode ser ajustada ao longo do ano, em função da monitorização da aplicação do programa.

Desta iniciativa estão excluídos os passes do transporte escolar (pré-escolar, ensino básico e secundário).

“Os passes municipais e intermunicipais interurbanos irão passar de um custo médio de 53 euros para um valor abaixo de 30 euros. Os passes urbanos irão passar de um custo médio de 15 euros para 10 euros. De igual forma, os estudantes do ensino superior (passe sub-23), passam a ter uma dupla redução, uma vez que o Instituto da Mobilidade e dos Transportes (IMTT) irá aplicar a redução ao valor do passe após aplicação do PART-RL”, explica a CIMRL em comunicado.

A CIMRL estima que “a população beneficiária da redução tarifária se situe entre os 7.500 e os 10 mil passageiros, prevendo-se que este plano entre em funcionamento em maio próximo, com duração até dezembro de 2021. Em 2020 e 2021 a redução tarifária resultará da monitorização constante da aplicação do plano, mas também das dotações anuais que vierem a ser disponibilizadas” à comunidade intermunicipal.

Estas medidas de redução tarifária correspondem a um investimento de 550 mil euros a efetuar pela CIMRL, que investirá ainda 52.500 euros no aumento da oferta e da expansão da rede (Tumg, Marinha Grande; Pombus, Pombal, e Mobilis, em Leiria).

Nos termos do regulamento, ainda a aprovar, a adesão ao PART-RL é voluntária, gratuita, automática e processa-se através da apresentação de um formulário junto dos operadores, sem mais formalidades. A partir desse momento o passageiro tem acesso à redução tarifária. As compensações financeiras aos operadores serão efetuadas ao abrigo de um protocolo de execução a celebrar entre a CIMRL e as empresas de transportes.

A percentagem da redução, assim como os títulos abrangidos, serão definidos pela CIMRL, em função da monitorização que for efetuada à implementação do programa e pode ser sujeita a alterações ao longo do tempo. Se as alterações implicarem uma mudança no plano de aplicação da dotação do PART-RL, será solicitada uma modificação junto do Fundo Ambiental.

Os passes inter-regionais (origem/destino partilhado entre a CIMRL e outras CIM) serão abrangidos pelo programa à medida que forem celebrados os protocolos de execução, sendo a percentagem de redução do tarifário dos títulos a definir em conjunto.

A CIMRL abrange os concelhos de Alvaiázere, Ansião, Batalha, Castanheira de Pera, Figueiró dos Vinhos, Leiria, Marinha Grande, Pedrogão Grande, Pombal e Porto de Mós.


NESTA SECÇÃO

Estudo de impacto ambiental da Barrosinha à beira do chumbo

O pedido de licenciamento da pedreira da Barrosinha, na freguesia de Reguengo do Fetal, está...

Pedreira da Barrosinha pode acabar em tribunal e com indemnizações

Há intervenções e decisões promovidas até agora por algumas entidades públicas e privadas no...

Aberta participação pública na alteração do PDM

A Câmara da Batalha já deu início ao processo de alteração do Plano Diretor Municipal (PDM),...