Município instala segundo centro de acolhimento

O Município da Batalha anunciou esta quarta-feira, dia 1, que “tem preparado um segundo espaço de acolhimento de emergência para apoiar as populações”, nas instalações da União Desportiva da Batalha.

“Este espaço pode acolher doentes em recuperação da Covid-19, pessoas com sintomas ligeiros, ou servir apenas para situações de quarentena”, explica o presidente da autarquia, Paulo Batista Santos.

O espaço dispõe de condições para refeições, balneários e consultório médico, e será colocado à disposição das entidades de saúde locais. O pavilhão gimnodesportivo alberga o outro centro de acolhimento.

Entretanto, a Câmara da Batalha procedeu à entrega de diverso material de proteção individual à GNR e ao lar do Reguengo do Fetal (150 viseiras, 10 mil luvas látex e 50 litros de gel desinfetante).

No refeitório do Agrupamento de Escolas da Batalha foram entregues materiais descartáveis para garantir a possibilidade de funcionar em regime de “take-away”.


NESTA SECÇÃO

Vivência dos frades dominicanos na Batalha contada em livro por Rui Borges Cunha

“O Convento de Santa Maria da Vitória. A vivência dos frades dominicanos na Batalha” é o tít...

Projeto à procura da vaca-ruiva regressa este sábado ao Concelho da Batalha

O projeto vaca-ruiva regressa ao concelho da Batalha na noite deste sábado, dia 16, com uma ...

30ª FIABA traz de volta à Batalha o artesanato, gastronomia e música até domingo

A 30ª edição da Feira de Artesanato e Gastronomia da Batalha – Mostra do Mundo Rural (FIABA)...