Município aumentou o investimento em 12,8% no último semestre

 

A Câmara da Batalha “aumentou em 12,8% o investimento” realizado no primeiro semestre deste ano, em comparação com igual período do ano passado, segundo dados revelados a 17 de setembro pelo município.

A execução financeira relativa ao primeiro semestre deste ano “apresenta uma situação financeira muito favorável, com os principais indicadores a revelam uma evolução positiva, com exceção da autonomia financeira, que ainda assim apresenta um valor acima dos 70%”, explica a autarquia em comunicado.

No primeiro semestre, as despesas comprometidas totalizaram 16 milhões de euros (correspondentes a 86,8% do orçamento de despesa), valor que compara com 14 milhões de euros do primeiro semestre de 2017.

A despesa paga atingiu os sete milhões de euros (equivalente a 39,3% do orçamento), quando no primeiro semestre de 2017 foi de 5,6 milhões de euros.

Segundo o município, “o aumento do investimento justifica-se fundamentalmente, na rubrica “Aquisição de bens de capital”, facto a que não será alheio os investimentos em curso, como são os casos da remodelação da escola sede do Agrupamentos de Escolas da Batalha, do edifício para rede europeia de investigadores e universidade sénior, ampliação da rede de saneamento nas freguesias da Golpilheira e Batalha ou a requalificação da rede viária em São Mamede e Reguengo do Fetal”.

Os meios libertos do primeiro semestre ascendem a mais de 900 mil euros, com tendência para aumentar, tendo em conta que o valor dos proveitos diferidos aumentou 1,8 milhões de euros, e está relacionado com o reembolso de despesas de investimento realizada ao abrigo dos programas comunitários.

“A dívida total do município mantém-se a níveis reduzidos, em em dois milhões de euros e engloba os empréstimos antigos, valor que cumpre o limite legal, dispondo ainda o município de uma margem positiva de endividamento de 13 milhões de euros”, refere o comunicado, destacando que “a câmara municipal não regista qualquer pagamento em atraso desde o início do ano”.


NESTA SECÇÃO

Turismo dá primeiros sinais de retoma

A Airbnb lançou no dia 11 de junho uma iniciativa para apoiar o crescimento económico local ...

Produção de coelhos escapa à pandemia

O estado de emergência decretado em março de 2020 determinou o encerramento de restaurantes ...

Plano prevê meio milhão de euros para ajudar a economia da Batalha

A Câmara da Batalha aprovou um plano financeiro, que envolve um investimento direto de meio ...