Mosteiro recebe congresso sobre panteões medievais

O congresso internacional “Loci Sepulcralis”, sobre panteões e outros lugares de memória e de sepultura na Idade Média, que decorre no Mosteiro da Batalha de 21 a 23 de setembro, tem um duplo objetivo, segundo a organização: “promover um amplo e inovador debate sobre a ideia de panteão e abrir um espaço de diálogo para o estudo e discussão de temáticas e áreas de estudo mais específicas mas igualmente próximas à problemática dos lugares de sepultura e memória”.

O congresso, organizado pelo Instituto de Estudos Medievais da Faculdade de Ciênciais Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, mosteiro e município da Batalha, “tem já confirmada a presença de um grande número de especialistas (nacionais e estrangeiros) de renome internacional” e conta com a “participação de um considerável conjunto de investigadores em diferentes estádios das suas carreiras, cujas comunicações e sessões possam estimular um debate e convívio profícuo, transdisciplinar e inovador sobre uma temática fascinante”.

Ao longo dos três dias de trabalhos serão apresentados os resultados dos seus estudos, reflexões mais inovadoras e abrangentes, estudos de caso e questionamentos teóricos, que possam permitir repensar a problemática ligada às diversas facetas dos panteões.

O congresso destina-se a investigadores da área, estudantes dos diversos graus de ensino superior, a profissionais da área do turismo e ao público em geral.


NESTA SECÇÃO

Museu da Batalha recebe menções honrosas no Brasil

O júri da oitava edição do Prémio Ibero-Americano de Educação e Museus 2017 anunciou na quin...

Nova legislação "salvaguarda" eventos no mosteiro

O presidente da câmara municipal revelou esta sexta-feira, 8, que a nova legislação sobre o ...

Batalhense Irene Gomes expõe no Moinho do Papel

A pintora batalhense Irene Gomes tem patente no Moinho do Papel, em Leiria, uma exposição ev...