Mosteiro da Batalha recebe prémio Cinco Estrelas

O Prémio Cinco Estrelas Regiões 2020, um galardão que “reconhece e valoriza destinos, atrações turísticas e negócios locais de alta qualidade”, acaba de ser entregue ao Mosteiro da Batalha, na categoria de Monumentos Nacionais.

O prémio, que vai na 3ª edição, “tem como objetivo reconhecer empresas portuguesas que se diferenciam a nível regional e identificar o que de melhor existe ao nível de recursos naturais, gastronomia e vinhos, arte e cultura, monumentos e património, aldeias e vilas, entre outros ícones de referência e interesse nacional”, explica a organização em comunicado.

A votação, feita online, elegeu no distrito de Leiria, além do Mosteiro da Batalha, Óbidos (categoria Aldeias e Vilas), Ginja d'Óbidos (Produtos Tradicionais Portugueses), Brisas do Lis (Doçaria Regional) Caldeirada de Peixe (Cozinha Tradicional Portuguesa) e a Feira Medieval de Óbidos (Festas/Feiras/Romarias).

Foram ainda distinguidas as marcas: Ópticas Lince (Serviços Óticos) Policlínica Central da Benedita (Clínicas Médicas), Benecar (Stands de Automóveis Usados) Soluções Ideais (Imobiliárias).

A eleição é organizada pela empresa U-Scoot, que em 2014 desenvolveu a metodologia Cinco Estrelas, com o objetivo de ajudar os consumidores a identificar o que de melhor existe no mercado ao nível de produtos, serviços e marcas.

A metodologia é aplicada a marcas nacionais ou multinacionais com presença no território português (Prémio Cinco Estrelas) ou a marcas estritamente portuguesas de presença regional (Portugal Cinco Estrelas).

Os Prémios Cinco Estrelas têm um conjunto de parceiros que constituem o comité de avaliação das candidaturas, constituído por empresas de estudos de mercado, Associação Portuguesa dos Profissionais de Marketing, Fórum do Consumo e Confederação do Comércio e Serviços de Portugal.

 


NESTA SECÇÃO

A Defesa do Património

Evocação de Santa Maria-a-Velha Foi aqui que me plantaram dando-me a primazia de se...

D. Manuel I

Venturoso porque colhi a seara que outro semeou mas desventurado porque a Histór...

Projeto inovador de Tobias Monteiro leva teatro às escolas do concelho

“A arca dos contos em movimento” já iniciou a sua viagem com vista à descentralização cultur...