Menina de um ano morre atropelada por empilhadora

Uma menina de um ano de idade, natural de Casal do marra, no Concelho da Batalha, morreu no dia 14 de janeiro ao ser atropelada por uma empilhadora conduzida pelo próprio pai, no armazém de uma empresa situado em Martingança, no Município de Alcobaça.

A tragédia que vitimou Laura Branco Catarino aconteceu pelas 15h00. O pai da menina estava a arrumar reservatórios em plástico, junto a um armazém de que é arrendatário, usando uma empilhadora para o efeito. Numa manobra de marcha-atrás, não se apercebendo da presença da filha, que pressupunha estar em segurança, acabou por atingi-la entre as rodas do veículo.

Os Bombeiros Voluntários de Pataias receberam o alerta e, pouco depois, junto ao armazém, na zona de Paião, imobilizaram, estabilizaram e transportaram a menina em ambulância para o campo de futebol de Martingança, onde se encontrava um helicóptero e uma equipa médica do INEM.

Laura Branco Catarino sofreu um traumatismo cranioencefálico muito grave e foi transportada em coma, no helicóptero do INEM, para o Hospital Pediátrico de Coimbra, onde foi declarado o óbito.

O casal tem um filho de nove anos, seria habitual estarem todos no armazém e, segundo testemunhos de populares, eram, naturalmente, cuidadosos em relação à segurança da menina.

O alerta para o acidente foi dado às 14h51 e no local estiveram 14 operacionais, apoiados por cinco viaturas, entre as quais a Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) das Caldas da Rainha e um helicóptero. Após o acidente, foi acionada uma equipa de psicólogos do INEM para prestar apoio aos familiares da vítima.

As exéquias fúnebres realizaram-se no dia 16 de janeiro na Igreja de Alpedriz, seguindo depois o féretro para o cemitério nº 2 da Maceira.

 


NESTA SECÇÃO

A fundamental questão: por que nos candidatamos à presidência da Câmara da Batalha?

  A primeira análise que se deve fazer a uma candidatura política é a motivação dessa can...

Alternativa ao marasmo político e económico do concelho

Cansados das promessas dos partidos tradicionais e de figuras eternizadas como deuses, a Ini...

Somos Batalha e Batalha é de Todos protagonizam a disputa mais acesa

As candidaturas PSD/Somos Batalha e o movimento Batalha é de Todos, apoiado pelo PS, protago...