Limpeza de terrenos começou na Batalha

A Câmara da Batalha vai investir 90 mil euros na limpeza de terrenos, caminhos e estradas municipais do concelho, já iniciada, e em moto bombas a gasolina, reforço de pontos de água e equipamento de apoio ao combate a fogos.

Estas ações, a realizar em colaboração com as juntas de freguesia, “têm como objetivo aumentar a resiliência do espaço florestal aos incêndios e atenuar a sua propagação, consistindo no corte e limpeza dos terrenos públicos, de bermas e valetas”, refere a autarquia em comunicado.

“Tão relevante como a ação das autarquias na prevenção é a colaboração e informação da população, seja na limpeza dos seus terrenos, seja na primeira reação em caso de incêndio.

Por isso, vamos dotar as freguesias com moto bombas a gasolina e equipamentos de apoio ao primeiro combate”, adiantou o presidente da câmara, Paulo Batista Santos.

Os responsáveis por terrenos junto a edifícios em espaços rurais são obrigados a proceder à gestão de combustível numa faixa de largura não inferior a 50 metros, até 15 de março.

No final do prazo, a câmara realizará os trabalhos, substituindo-se aos infratores, que terão que ressarcir o município pelas despesas efetuadas.

As multas vão de 280 a 10 mil euros para pessoas singulares e de 1.600 a 120 mil para empresas e outras entidades coletivas.


NESTA SECÇÃO

Criada Comissão de Defesa do Reguengo contra novas pedreiras

A Comissão Especial de Defesa do Reguengo do Fetal (CEDRF), criada na sequência de uma assem...

Candidatos a deputados alertados para os perigos de novas pedreiras

O presidente da Câmara da Batalha alertou os cabeça de lista às próximas eleições legislativ...

Nova pedreira na freguesia do Reguengo quase aprovada

A Câmara da Batalha revelou que a Direção Geral de Energia e Geologia (DGEG) manifestou a in...