Jardoeira: zona industrial recebe 1,5 milhões da UE

O programa Centro 2020 aprovou o cofinanciamento do projeto de Expansão da Área de Localização Empresarial (ALE) da Batalha, na Jardoeira, um investimento municipal de 1,7 milhões de euros, com uma taxa de comparticipação comunitária de 85% (1,5 milhões de euros).

O projeto apresentado pelo município, segundo um comunicado da autarquia de 27 de julho, “visa a expansão da área de localização empresarial da Jardoeira, através da definição de duas unidades operativas de planeamento e gestão numa área total de 34 hectares”.

A obra contempla uma operação de urbanização, com investimento em infraestruturas, para expansão da zona industrial, a requalificação do espaço público e a beneficiação das infraestruturas existentes.

A capacidade da ALE da Jardoeira ganhará “mais duas dezenas de lotes, a realizar em sistema de cooperação com os atuais proprietários, promovendo assim uma parceria inédita que irá agilizar a instalação de novos projetos empresariais”, adianta o comunicado.

“Esta é uma excelente notícia para o município, para a sua competitividade e apoio ao tecido económico local. É um investimento estratégico que irá permitir melhorar as condições da atual zona industrial, mas sobretudo potenciar a fixação de novos investimentos numa localização privilegiada e com excelentes acessos”, explica o presidente da câmara, Paulo Batista Santos.

No âmbito da candidatura do município ao Centro 2020 foram contabilizadas 12 intenções de novas empresas, estimando-se um volume de investimento de 6,300 milhões de euros e a criação de cerca 98 postos de trabalho, segundo a autarquia.


NESTA SECÇÃO

Concelho representado no salão imobiliário de Paris

A Câmara Batalha, enquadrada na participação da Comunidade Intermunicipal da Região de Leiri...

Crédito Agrícola da Batalha entrega prémios a seis PME

A Caixa de Crédito Agrícola Mútuo da Batalha (CCAMB) promoveu no dia 28 de junho uma cerimón...

Município em 8º lugar entre os que têm melhor governação

O estudo “Rating Municipal Português”, revelado no dia 7 de maio, coloca o município em 8º l...