Jardim da Isabel é o único com Selo Escola Saudável

O infantário Jardim da Isabel, na Batalha, é o único do concelho que integra a lista agora publicada dos 291 estabelecimentos de ensino do país distinguidos com o Selo Escola Saudável, criado pela Direção-Geral da Educação, com a colaboração da Direção-Geral da Saúde.

“O selo pretende premiar as escolas que, no seu quotidiano, privilegiem a promoção da saúde e do bem-estar da comunidade educativa”, segundo os promotores.

O Jardim da Isabel é um dos 174 estabelecimentos que integram o nível de iniciação (1) e a distinção foi atribuída pelo período de dois anos; há 69 escolas no nível intermédio (2) e 48 no grau avançado; no que respeita às candidaturas para 2017/2018 – 2018/2019.

No dia 6 deste mês, os responsáveis pelo infantário divulgaram a comunicação que lhes foi enviada pelos organizadores do selo, que felicitam “toda a comunidade educativa pela menção atribuída, e desejam a continuação do trabalho já Iniciado que, com o empenho e o compromisso de todos continue em função de uma escola saudável”.

“O nível iniciação, deve ser um estimulo ao trabalho já principiado, esperando que na próxima candidatura” o Jardim da Isabel “possa alcançar um nível superior”, adianta a comunicação, frisando que esta “comunidade educativa mostrou ter crianças e jovens que se empenham na construção de uma escola que promove a saúde e o bem-estar, refletindo-se igualmente a preocupação em termos sociais e ambientais pelo planeta, compreendendo o que as rodeia e procurando soluções que contribuam para colocar o mundo na rota de um desenvolvimento saudável, sustentável e inclusivo”.

A iniciativa reconhece o mérito dos agrupamentos de escolas e de escolas não agrupadas que, através das suas práticas, têm vindo a contribuir para a promoção de relações interpessoais saudáveis, envolvendo toda a comunidade educativa e criando uma imagem positiva da escola.

A “Cidadania e Desenvolvimento” é uma das componentes do currículo nacional e a saúde um dos domínios obrigatórios da Estratégia Nacional de Educação para a Cidadania, desde o 1.º ciclo do ensino básico até ao final do ensino secundário, abordada de forma transdisciplinar e, por isso, pretende-se que o Selo Escola Saudável venha a contribuir para o reforço de competências de saúde e bem-estar na comunidade educativa.


NESTA SECÇÃO

Centristas revelam propostas e criticam executivo

A Comissão Política Concelhia da Batalha do CDS-PP e os seus e eleitos locais [vereador e de...

Crianças oferecem produtos alimentares ao canil

Um grupo de crianças entregou no Centro de Recolha Oficial de Animais de Companhia (canil/ga...

Câmara descentraliza património para as freguesias

A câmara municipal vai propor às juntas de freguesia e às coletividades do concelho a gestão...